Angola OffRoad

Forum de Divulgação, Informação e Convivio
 
InícioPortalFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Dakar Argentina-Chile 2009

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Nov 07, 2008 4:42 am

Foi ontem apresentada a edição 2009 do "Dakar Argentina-Chile 2009".
Etienne Lavigne, Director de Prova, revelou o percurso que se estenderá a cerca de 9.500 km, dos quais 5.650 km de especiais. Dunas, "fesh-fesh", trialeiras, montanhas e muito mais.


A corrida arranca a 3 de Janeiro e a chegada a Buenos Aires está prevista para 17 de Janeiro. Desde as planícies da Patagónia, ao deserto de Atacama, ou a cordilheira dos Andes, tudo isto em pleno verão austral. Estão confirmadas 530 equipas. 230 motos, 30 quads, 188 autos, 82 camiões, com pilotos de 49 nacionalidades.

Como é habitual, toda a elite mundial do todo-o-terreno vai encontrar-se para um novo desafio. Mitsubishi, Volkswagen e BMW à geral, enquanto no T2 Toyota e Nissan, Nas duas rodas as KTM querem manter a hegemonia, enquanto nos camiões, Kamaz, Tata e Man, entre outros, todos buscarão as apetecidas vitórias.

Contingente luso muito reduzido

Por motivos óbvios, o contingente luso vai ser bastante mais pequeno, mas para já estão confirmadas as presenças de Francisco e Nuno Inocêncio, da Red Line, Ricardo Leal Santos, Adélio Machado e Francisco Pita, nos autos. Nas motos, a Lagos Team, com Hélder Rodrigues e Ruben Faria, caso a lesão que sofreu no Dubai permita. Nos camiões, Elisabete Jacinto e não está afastada a possibilidade da existência de mais alguma surpresa de última hora.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Nov 07, 2008 4:45 am

PROVA DECORRE ENTRE 3 E 17 DE JANEIRO


Os organizadores do antigo rali todo-o-terreno Dakar, que abandonaram África em 2008 devido a problemas de segurança, apresentaram hoje a nova versão para 2009, na América do Sul, onde tentaram encontrar cenários semelhantes aos africanos.

O director da corrida, Etienne Lavigne, descreveu hoje em Paris os cerca de 9.500 quilómetros de prova, dos quais 5.650 serão cronometrados, como "uma aventura 100 por cento Dakar", entre 3 e 17 de Janeiro, passando pela Argentina e pelo Chile, num total de 14 etapas e um dia de descanso.

"Se os concorrentes ficarem agradados, pode ser um elemento determinante para haver outra edição. É preciso que os países que nos acolhem também fiquem contentes. Depois, vamos ver a situação em África, nos países tradicionais. Mas será complicado. Há contactos com Egipto, Tunísia e Líbia", revelou Lavigne.

À semelhança das duas derradeiras edições, com partida de Lisboa, a corrida vai manter o mesmo número de concorrentes: 188 em motos, 230 em carros, 30 em moto-quatro e 83 em camiões, oriundos de um total de 49 países.

Lavigne sublinhou o aumento do orçamento para 14 milhões de euros, sem contar com a produção de imagens televisivas, face aos 11 ou 12 milhões da versão africana, sobretudo devido aos custos com a "transferência marítima" dos quase mil veículos de corrida e da assistência até Buenos Aires.

O percurso terá as primeiras dificuldades entre as terceira e quarta etapas, na Patagónia, seguindo-se as primeiras dunas, a lembrar o deserto do Saara, nas quinta e sexta etapas, à medida que a caravana vai subindo também a cordilheira andina, rumo ao Chile, onde os organizadores prevêem que se decida a corrida.

Programa

3 Janeiro: Buenos Aires - Santa Rosa (733 km, 371 cronometrados)

4 Janeiro: Santa Rosa - Puerto Madryn (837 km, 237)

5 Janeiro: Puerto Madryn - Jacobacci (694 km, 616)

6 Janeiro: Jacobacci - Neuquen (488 km, 459)

7 Janeiro: Neuquen - San Rafael (763 km, 506)

8 Janeiro: San Rafael - Mendoza (625 km, 395)

9 Janeiro: Mendoza - Valparaiso (Chile) (816 km, 419)

10 Janeiro: Valparaiso (Dia de descanso)

11 Janeiro: Valparaiso - La Serena (652 km, 294)

12 Janeiro: La Serena - Copiapo (537 km, 449)

13 Janeiro: Copiapo - Copiapo (690 km, 670)

14 Janeiro: Copiapo - Fiambala (Argentina) (680 km, 215)

15 Janeiro: Fiambala - La Rioja (518 km, 253)

16 Janeiro: Rioja - Córdoba (753 km, 545)

17 Janeiro: Córdoba - Buenos Aires (792 km, 227)

in record online




Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Nov 07, 2008 4:47 am

Upsss! Lá se foram as fotos, ficam os links.
Desculpem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:38 pm

Paulo Gonçalves é o melhor luso

Marc Coma vence primeira etapa


Foi uma etapa animada aquela que deu inicio à competição das motos no Dakar Argentina-Chile e que terminou com Marc Coma como vencedor.


Numa especial em que o terreno plano era uma constante, os pilotos encararam este primeiro dia com grande à vontade, com Marc Coma e Cyril Desprès a marcarem o ritmo.

Os dois pilotos adoptaram um andamento sem paralelo, com o espanhol a superiorizar-se ao piloto da Repsol KTM, com uma vantagem que foi sendo gradualmente ampliada.

Se a etapa tinha começado bem para Desprès, não terminou da melhor maneira já que nos úlitmos quilómetros um erro de navegação fez o francês perder bastante tempo, terminando a etapa a mais de 40 minutos do líder.

O primeiro dia ficou ainda marcado pela boa performance do polaco Jacek Czachor, em KTM, que foi subindo posições até terminar no segundo lugar, logo na frente de Miran Stavnovik e Frans Verhoeven.

Em quinto ficou o norte-americano Jonah Smith, em sexto David Frétigné e em sétimo o norueguês Per Anders Ullevalseter. Quem não teve vida fácil nesta primeira etapa foi o francês David Casteau, que a braços com problemas nos pneus e um furo logo após o CP2 poderá ter hipotecado as suas hipóteses de uma boa classificação, ao perder mais de uma hora para o mais rápido.

Portugueses em bom ritmo

Hélder Rodrigues começou a prova em boa forma, rodando de forma consistente entre os cinco primeiros, mas entre o CP3 e o final alguns problemas custaram muito tempo ao piloto da Lagos Team, que terminou em 16º, logo atrás de Paulo Gonçalves.

O piloto da Honda esteve em muito bom nível, rodando num ritmo consistente e conseguindo chegar a Santa Rosa cinco segundos antes de Rodrigues.

Em bom plano esteve também Pedro Oliveira, que terminou o primeiro dia em 34º, a 51 minutos de Coma. Luís Ferreira foi o 40º, terminando a 53.21s do mais veloz, ao passo que João Rosa foi 54º a 57.52s. Bianchi Prata foi o 77º do primeiro dia, a mais de uma hora de distância.

Na competição destinada aos Quads, a vitória na primeira etapa foi para o francês Cristophe Declerck, com uma Yamaha, que terminou com o tempo de 4 horas e 16 minutos.

A quase 13 segundos ficou o checo Josef Machacek, com outra Yamaha, logo seguido por Luis Henderson, numa Suzuki.

MOTOS
Pos Num Piloto Marca Tempo
1 002 COMA KTM 02h46m17s
2 010 CZACHOR KTM +22m05s
3 017 STANOVNIK KTM +24m42s
4 015 VERHOEVEN KTM +26m14s
5 026 STREET KTM +26m22s
6 012 FRETIGNE YAMAHA +28m14s
7 004 ULLEVALSETER KTM +28m34s
8 011 KNUIMAN KTM +29m06s
9 025 RODRIGUES Filho HONDA +32m29s
10 016 PAIN (FRA) YAMAHA +32m39s

15 023 GONCALVES HONDA +35m44s
16 005 RODRIGUES KTM +35m49s
34 185 OLIVEIRA YAMAHA +51m02s
40 090 FERREIRA BMW +53m21s
54 091 ROSA YAMAHA +57m52s
77 092 BIANCHI PRATA BMW +01h05m58s

QUADS

1 258 DECLERCK YAMAHA 04h00m16s
2 250 MACHACEK YAMAHA +12m56s
3 270 HENDERSON SUZUKI +15m50s
4 262 SONIK YAMAHA +21:14s
5 254 GONZALEZ YAMAHA +21:36s
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:39 pm

Primeira etapa do Dakar

Al-Attiyah e BMW vencem no primeiro dia



A BMW e Nasser Al-Attiyah levaram a melhor e venceram a primeira especial com 2m17s de avanço sobre o espanhol Carlos Sainz, da Volkswagen numa etapa em que as distâncias entre os primeiros nunca foram muito grandes.



A etapa inaugural deste Dakar acabou por ser um duelo entre as alemãs BMW e Volkswagen, com a primeira a vencer a primeira batalha. Já a Mitsubishi, grande favorita à vitória final não teve um dia fácil, com os seus pilotos a ficarem sempre atrás dos melhores das duas eqiuipas germânicas.

Attiyah impôs o seu X3 CC na especial rápida que ligou Buenos Aires a Santa Rosa, com Carlos Sainz a oferecer uma boa réplica, bem como Giniel de Villiers e Mark Miller, os outros dois pilotos da Volkswagen, que se quedaram pelo terceiro e quarto lugar, sendo que o mais distante está a 4m21s.

Em quinto surge, então, Luc Alphand, no primeiro dos Mitsubishi, já a 4m44s do vencedor da tirada, e que contou com alguns problemas no propulsor diesel do seu carro, o que o fez perder ainda mais tempo. Ainda assim, terminou a etapa onze segundos à frente de Stéphane Peterhansel.

Logo atrás deste surge o argentino Orlando Terranova, num BMW, que se conseguiu superiorizar ao terceiro Racing Lancer, pilotado por Juan Roma.

O polaco Holowczyc surge em nono com a sua Nissan, ao passo que Van Merksteijn fecha o top 10.

Embora seja apenas o primeiro dia, os azares já começaram a suceder. Guerlain Chichérit, piloto que chegou a estar na liderança, foi obrigado a parar ao km 290, desconhecendo-se se terá continuado em prova. Difícil ficou também a vida de Dieter Depping, da Volkswagen, que após uma boa metade de prova se viu relegado para posições bastante secundárias, já a uma hora do mais rápido, mas ainda assim a terminar.

Quanto aos portugueses, o melhor colocado é Francisco Inocêncio (com Paulo Fiúza), que ocupa o 55º lugar a 46m12s, ao passo que o seu irmão Nuno Inocêncio (com Jaime Santos) é o 62º, a 47m30s. Leal dos Santos (e Pires de Lima) ocupam o 64º posto, a 48m57s. Martine Pereira é o 69º, enquanto que Adélio Machado é o 85º, já a mais de uma hora.

Classificação:

1 Al Attiyah BMW 2h36m15s
2 Sainz Volkswagen +2m17s
3 De Villiers Volkswagen +2m40s
4 Miller Volkswagen +4m21s
5 Alphand Mitsubishi +4m44s
6 Peterhansel Mitsubishi +4m54s
7 Terranova BMW +5m09s
8 Roma Mitsubishi +5m11s
9 Holowczyc Nissan +7m44s
10 Van Merksteijn BMW +10m39s

55 Francisco Inocêncio Mitsubishi +46m12s
62 Nuno Inocêncio Mitsubishi +47m30s
64 Leal dos Santos BMW +48m57s
69 Martine Pereira Toyota +55m44s
85 Adélio Machado Toyota +01h02m27s
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:39 pm

Piloto do MAN às portas do Top 10 e líder da sua categoria

Elisabete Jacinto em bom plano




Elisabete Jacinto aproveitou ao máximo a rapidez da especial e alcançou assim a 11ª posição, tendo à sua frente apenas as grandes "bombas" dos camiões. A piloto do Team Oleoban MAN Portugal, juntamente com os seus companheiros de equipa, Álvaro Velhinho e Marco Cochinho, conquistou um bom resultado, iniciando da melhor maneira este Dakar Argentina Chile 2009. "A etapa de hoje caracterizava-se por enormes rectas, com vala de um lado e do outro com cercas a separar o terreno cultivado. De vez em quando lá aparecia uma curva a maioria das vezes não assinaladas no road book, mas quando víamos pessoas lá estava uma curva. Atingi muitas vezes os 140 km/h, apesar da pista ser bastante estreita", referiu Elisabete Jacinto, que acrescenta: "Não foi uma especial difícil, mas era muito traiçoeira com algumas valas em que era necessário ter muito cuidado. Talvez por isso vimos tantos carros e também alguns camiões parados. Estou muito satisfeita com o resultado mas ainda poderia ter sido um pouco melhor porque andei durante algum tempo atrás de um concorrente que demorou a deixar-nos passar embora fosse bastante mais lento ", salientou a piloto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:40 pm

Argentina-Chile Dakar 2009: 2ª Etapa

Marc Coma destacado na frente, Verhoeven vence etapa


O holandês Frans Verhoeven foi o vencedor da segunda etapa do Argentina-Chile Dakar 2009, com 41 segundos de vantagem para Cyril Déspres. Com estes resultados, Verhoeven salta de quarto para segundo, atrás de Marc Coma, que apesar do atraso de hoje - perdeu cerca de 12 minutos - mantém a liderança, depois da fabulosa etapa de ontem.


O espanhol da KTM lidera agora com uma vantagem de 13m47 sobre Verhoven, com o norte americano J. Street e o francês D. Fretigne um pouco mais atrás. O outro dos grandes favoritos, Cyril Déspres, é apenas 12º a 30 minutos do líder, tudo por causa, como se sabe, dos problemas de pneus da etapa de ontem.

Paulo Gonçalves na frente dos portugueses

Entre os portugueses, Paulo Gonçalves foi hoje o mais rápido, na 19ª posição, caindo para a mesma posição na geral. A queda de Hélder Rodrigues foi semelhante, já que hoje foi apenas 20º, descendo assim para a 20ª posição.

Luís Ferreira caiu da 40ª para a 49ª posição, enquanto João Rosa passou a ser 57º. Pedro Bianchi Prata, ao contrário dos seus conterrâneos, subiu na classificação e é agora 66º. Relativamente a Pedro Oliveira, assim que possível informaremos a razão de não surgir na classificação de momento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:40 pm

Espanhóis dominam Argentina-Chile Dakar 2009

Carlos Sainz e Marc Coma lideram Dakar


Terminado que está o segundo dia de prova, Carlos Sainz (Volkswagen) venceu a etapa que decorreu entre Santa Rosa de la Pampa e Puerto Madryn, e ascendeu ao comando da corrida.


O espanhol tem agora uma vantagem de 2m19s sobre o seu companheiro de equipa, Giniel de Villiers, enquanto Stéphane Peterhansel (Mitsubishi) é terceiro, já a quase quatro minutos do líder.

O vencedor da etapa de ontem, Nasser Al Attiyah caiu para a quarta posição, já a 4m15 de Sainz, com Nani Roma (Mitsubishi) logo a seguir, na quinta posição, na frente doutro companheiro de equipa, Luc Alphand. Mark Miller é sétimo, na frente de Orlando Terranova, em BMW X3 e o melhor privado. A encerrar o top 10 está Robby Gordon, com o espectacular Hummer. Quanto aos pilotos portugueses nos autos, só mais tarde será possível informar com exactidão a sua classificação e as ocorrências da etapa.

Marc Coma lidera nas motos

Nas motos, outro espanhol! Apesar do atraso na etapa de hoje, Marc Coma (KTM) permanece na liderança. Cotudo, cedeu cerca de 12m30 para o vencedor da tirada, Frans Verhoeven (KTM), depois de se ter enganado no percurso.

Nas motos, Paulo Gonçalves lidera o contingente português. O piloto da Honda foi hoje o mais rápido, terminando a etapa na 19ª posição, caindo para a mesma posição na geral. A queda na classificação de Hélder Rodrigues foi semelhante, já que hoje foi apenas 20º, descendo para a 20ª posição.

Luís Ferreira caiu da 40ª para a 49ª posição, enquanto João Rosa passou a ser 57º. Pedro Bianchi Prata, ao contrário dos seus conterrâneos, subiu na classificação e é agora 66º. Pedro Oliveira, teve problemas e não surge na classificação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:41 pm

Elisabete Jacinto na 18ª posição





Depois de um bom arranque, Elisabete Jacinto continua a ter neste Dakar 2009 uma boa prestação, ainda que hoje tenha sofrido alguns percalços, que a fizeram baixar na classificação geral, para a 18ª posição.

"A etapa de hoje era muito diferente da de ontem. Era muito mais sinuosa e tinha aquela vegetação típica das bordas do deserto. De início havia uma zona bastante complicada onde ficaram vários carros mas conseguimos passar bem", referiu Elisabete Jacinto, que acrescenta:

"Até meio da etapa correu tudo bem. Depois tivemos alguma dificuldade numa subida e foram necessárias várias tentativas para a ultrapassar e mais adiante numa zona com bastante vegetação a estrada estreitava e percebemos que não estamos a ir pela zona mais indicada. Já perto do final nova zona muito complicada e muitos carros atascados com bastante dificuldade em sair. Os camiões conseguiram encontrar uma passagem alternativa e safaram-se", salientou a piloto.

Classificação após a 2ª etapa
1º De Rooy (Ginaf), 5h36m51s; 2º Kabirov (Kamaz), a 3m58s; 3º Van Vliet (Ginaf), a 8m36s; 4º Chagin (Kamaz), a 12m52s; 5º Mardeev (Kamaz), a 20m06s; ...15º Sugawara (Hino), 1º -10 litros, a 1h06m32s; 16º Tomecek (Tatra), a 1h06m51s; 17º Stacey (MAN), a 1h12m40s; 18º Elisabete Jacinto (MAN), 2º - 10 litros, a 1h15m21s.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 05, 2009 11:43 pm

Noticias do Autosport.

Há Algum Angolano em prova?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Ter Jan 06, 2009 5:58 am

Terceira etapa do Dakar

Marc Coma estende liderança; Rodrigues sobe na geral


Marc Coma continua sem adversários no Dakar Argentina-Chile.


O piloto espanhol da Repsol KTM voltou a rubricar mais uma excelente prestação na terceira etapa da prova, que ligou Puerto Madryn a Jacobacci, deixando os segundos classificados a 17m49s e reforçando a sua liderança à geral.

Aqui, é necessário aplicar o plural porque o norueguês Per-Anders Ullevalseter e o espanhol Jordi Viladoms alcançaram precisamente o mesmo tempo no final dos 551km de especial que marcaram o dia de hoje.

Prova do equilíbrio que se está a assistir na luta pelos lugares secundários é que entre o segundo e quinto posto existe pouco mais de um minuto de distância.

Em quarto ficou, então, o francês David Casteau (a 18m16s), em recuperação de uma primeira etapa bastante azarada, ao passo que em quinto ficou Farres Guell (a 18m42s).

Michel Marchini chegou em sexto lugar (a 21m38s), logo na frente de David Frétigné, que perdeu bastante tempo para o líder da geral, cerca de 22 minutos.

Jonah Street, Henk Knuiman e Hélder Rodrigues encerraram o top 10 da etapa, com o português da Lagos Team a rubricar mais uma boa performance, cotando-se sempre como um dos dez mais velozes da etapa. Paulo Gonçalves, com a sua Honda, chegou em 24º lugar, a 34m44s do vencedor da tirada. Luís Ferreira ficou em 41º lugar, a cerca de 59 minutos do primeiro.

Na geral, Marc Coma reforçou a sua liderança, passando a dispor de 39m11s de vantagem sobre o segundo, que é agora David Frétigné. Hélder Rodrigues ascendeu ao 13º lugar, distando já uma hora para o líder. Já Paulo Gonçalves caiu uma posição, para 19º.

ETAPA:
1 COMA (ESP) KTM 5h18m17s
2 ULLEVALSETER (NOR) KTM +17m49s
3 VILADOMS (ESP) KTM +17m49s
4 CASTEU (FRA) KTM +18m16s
5 FARRES GUELL (ESP) KTM +18m42s
6 MARCHINI (FRA) YAMAHA +21m38s
7 FRETIGNE (FRA) YAMAHA +22m20s
8 STREET (USA) KTM +22m50s
9 KNUIMAN (NLD) KTM +22m57s
10 RODRIGUES (POR) KTM +24m34s
24 GONÇALVES (POR) HONDA +34m44s
41 FERREIRA (POR) BMW +59m37s
51 ROSA (PRT) YAMAHA +1h05m54s
67 BIANCHI PRATA (PRT) BMW +1h24m08s

GERAL:
1 COMA (ESP) KTM 10h31m49s
2 FRETIGNE (FRA) YAMAHA +39m11s
3 VERHOEVEN (NLD) KTM +41m14s
4 ULLEVALSETER (NOR) KTM +42m25s
5 CZACHOR (POL) KTM +43m21s
6 STREET (USA) KTM +44m36s
7 VILADOMS (ESP) KTM +47m17s
8 MARCHINI (FRA) YAMAHA +48m22s
9 KNUIMAN (NLD) KTM +48m53s
10 PAIN (FRA) YAMAHA +55m16s
13 RODRIGUES (PRT) KTM +1h03m33s
19 GONCALVES (PRT) HONDA +1h10m41s
40 FERREIRA (PRT) BMW +2h26m42s
48 ROSA (PRT) YAMAHA +2h35m46s
62 BIANCHI PRATA (PRT) BMW +02h59m51s
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Ter Jan 06, 2009 5:58 am

Al-Attiyah vence mas Sainz amplia vantagem


Nasser Al-Attiyah, em BMW, foi o vencedor da terceira etapa do Dakar Argentina-Chile, depois de mais uma dura batalha com o espanhol Carlos Sainz, segundo gastando apenas mais 35 segundos.


Em terceiro ficou Dieter Depping, com outro VW, a 1m40s, ao passo que o quarto posto ficou entregue a Giniel de Villiers, perfazendo um total de três VW nas quatro primeiras posições.

Stéphane Peterhansel colocou o seu Mitsubishi Racing Lancer no quinto posto, tendo perdido hoje mais 5m31s. Mark Miller (VW) foi o sexto, na frente de Orlando Terranova (BMW), de Juan Roma (Mitsubishi), de Guerlain Chichérit (BMW) e de Robby Gordon com o seu Hummer.

Luc Alphand teve um dia para esquecer, perdendo mais de 30 minutos devido a um problema com o motor do seu carro.

Na geral, Sainz aumentou a vantagem para o segundo classificado, que passou a ser Al-Attiyah, por troca com Giniel de Villiers. Assim, o espanhol dispõe agora de 3m40s de avanço sobre o piloto do Qatar, ao passo que este tem 2m05s de vantagem para o sul-africano. Peterhansel é o quarto da geral, a 8m47s do líder.

Quanto aos portugueses, até ao momento ainda não há registos das suas passagens.


Neste momento ainda decorre a etapa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:15 pm

Argentina-Chile Dakar 2009: 4ª Etapa

Hélder Rodrigues 8º, Marc Coma mais líder


Como se esperava, Marc Coma dilatou a sua liderança, alargando para 42m57s a diferença para o segundo classificado, que é agora o norte-americano J. Street, piloto que logrou ascender de quinto para segundo na geral.


O piloto da KTM Repsol foi o mais rápido à passagem por todos os controlos horários, chegando mesmo a ter uma margem de mais de dois minutos e meio para Cyril Després, que no final conseguiu reduzir para 1m17s as perdas para o líder da prova. De qualquer modo, perda relativa, já que o francês foi quem mais ascendeu na classificação, que com a segunda posição na etapa, logrou passar de 21º...para 10º.

David Fretigne caiu de segundo para terceiro, enquanto J. Villadoms ascendeu da sexta à quarta posição.

Hélder Rodrigues foi 13º na etapa, e com isso passou a ocupar a oitava posição da geral. Uma boa tirada do jovem piloto da Lagos Team, que chegou a passar na sexta posição nos controlos de passagem.

Já Paulo Gonçalves foi 15º na etapa, facto que lhe permitiu ascender à posição anteriormente ocupada por Rodrigues, a 13ª. Dos restantes portugueses falaremos mais tarde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:17 pm

João Rosa abandona devido a queda





João Rosa (Yamaha) teve uma estreia para esquecer no rali Dakar Argentina-Chile. O piloto de Viana do Castelo sofreu uma violenta queda hoje, no decorrer da quarta etapa, entre Jacobacci e Neuquen, devido a falha mecânica.

A peça que liga o quadro (chassis) da sua moto à roda traseira partiu e deixou o piloto português por terra. João Rosa foi assistido no local e evacuado pelos serviços médicos da organização.

"O braço oscilante da moto partiu-se quando ia atravessar um rio seco. A queda foi feia. Parti um pulso e fiquei sem um dedo. Não sei se os médicos o vão conseguir recuperar", explicou o piloto de 42 anos, que será operado ainda hoje. O seu regresso a Portugal está previsto para os próximos dias.

Após duas tentativas falhadas de participar no Dakar, João Rosa conseguiu finalmente alinhar à partida da mais mítica das corridas de todo-o-terreno. Quando foi forçado a desistir, seguia já nos cinquenta primeiros e a recuperar posições.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:18 pm

Argentina-Chile Dakar 2009: 4ª Etapa

Luta Carlos Sainz e Al-Attiyah ao rubro


Carlos Sainz e Nasser Al-Attiyah voltaram a dar espectáculo, numa etapa onde os dois pilotos oriundos dos ralis terminaram separados apenas por seis segundos, o que significa que o espanhol dilatou a margem que o separa do qatari, colocando-a em 3m46s.


A dupla voltou a ser a protagonista da tirada, de tal forma, que o terceiro classificado, Luc Alphand, terminou a 2m24 de Sainz, e Alphand era apenas 10º. Quem mais perto estava dos dois homens da frente quedou-se por posições mais modestas o que significou ainda mais atraso na geral. Agora, estão todos, para lá da dezena de minutos do espanhol da VW, deixando, cada vez mais, para Sainz e Attiyah as despesas da corrida.

Fosso acentua-se

Há muita prova ainda pela frente e no Dakar, não é novidade para ninguém que tudo pode suceder, em qualquer momento, mas a verdade é que os sinais, oriundos, especialmente da Mitsubishi não são famosos.

Na geral, Giniel de Villiers manteve a terceira posição, na frente do primeiro Mitsubishi, o de Stéphane Peterhansel que foi apenas oitavo na especial de hoje. O francês está já a 15m41 de Sainz. Nani Roma é quinto, quatro minutos atrás do seu companheiro de equipa.

No top 10 rodam ainda Mark Miller, em VW, que está muito perto de Nani Roma, enquanto Orlando Terranova está a ter uma boa prestação, classificado apenas a quatro minutos do americano da VW, e na frente de Luc alphand e Robby Gordon.

A informação sobre os portugueses, só poderá ser conhecida bem mais tarde.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:18 pm

Francisco Pita escala posições na geral



O azar parece ter ficado para trás e agora o Dakar Argentina-Chile está a correr de feição para Francisco Pita, presidente da Federação de Jet Ski e piloto da equipa Toyota France.


E nem mesmo o facto de o seu Toyota Land Cruiser ter ficado afectado por um incrível capotanço faz as prestações do português abrandarem, com o piloto a continuar a subir posições na geral. Pita e Gonçalves iniciaram a competição em 150º lugar da geral e, apesar de vários reveses, conseguiram terminar a etapa de hoje em 88º lugar.

Uma proeza tendo em conta que a equipa perdeu algum tempo com dois furos e também a rebocar uma colega de equipa atolada.

"Esta foi a etapa mais dura até agora devido às diferenças de piso. Apanhámos gravilha, muita pedra e também muita areia. O percurso era muito variável", explicou Francisco Pita que garante, porém, continuar em boa forma para imprimir a mesma velocidade e os mesmos resultados nas próximas etapas.

"Estamos a adorar a prova. Está a ser espectacular", garantiu Pita no final da etapa, cansadíssimo mas com moral elevada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:24 pm

Leal dos Santos dá mais um salto na tabela


As peripécias continuam a fazer parte do quotidiano deste Dakar para Ricardo Leal dos Santos e Pedro Pires de Lima, em BMW X5.


A dupla do Pioneer Desert Team Delta Q continua sem conseguir fazer uma etapa isenta de problemas, ainda que isso não tenha impedido os portugueses de subir mais 15 posições.

Contudo, o pulo na classificação teria sido ainda maior, não fora o caso de terem ficado sem combustível a 40 quilómetros do final, numa clara prova de que no Dakar tudo pode acontecer.

"Depois dos problemas de ontem o carro só ficou pronto pouco antes da nossa hora de partida e tivemos de fazer esta etapa com o turbo grande. Ele até dá para andar rápido mas em alta rotação", explicou Leal dos Santos, enaltecendo que isso causou os problemas de consumo excessivo da máquina alemã.

"Foi por isso que o consumo disparou e o gasóleo acabou a 40 quilómetros do final. Até então estivemos com um andamento regular e fizemos a etapa quase toda a rolar na 30ª posição. Quando percebi que o consumo tinha disparado passei a andar um pouco mais devagar mas não foi suficiente. O público ajudou-nos mas paramos várias vezes e perdemos quase uma hora e meia", concluiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:24 pm

Elisabete Jacinto à porta dos 20 primeiros


Elisabete Jacinto não baixou os braços após os azares de ontem e hoje a piloto portuguesa votou a demonstrar um bom andamento, colocando-se às portas de um lugar no Top 20.


No entanto, o dia de hoje esteve longe de ser fácil: o atraso verificado na etapa de ontem obrigou Elisabete Jacinto a ter hoje um dia marcado pela enorme nuvem de pó que carros e camiões levantam. Ainda assim, ao longo dos quase 400 quilómetros de sector selectivo, ultrapassou 15 camiões e 35 carros, vendo assim os seus esforços recompensados com a subida de quase 10 posições na geral - é 21ª.

"Era uma etapa bastante engraçada, mas em que fui forçada a sofrer bastante, já que poucos foram os minutos em que não "viajámos" atrás de uma nuvem de pó", referiu Elisabete Jacinto, que criticou o comportamento pouco cooperativo de alguns concorrentes.

"Mesmo com o sentinel, muitos são os concorrentes que não têm o comportamento correcto que se lhes exige e demoram uma eternidade até nos deixarem passar. Isso cria situações muito complicadas e até, por vezes, alguns acidentes. Felizmente que connosco está tudo bem e estou muito feliz por amanhã poder voltar a partir mais à frente".

Quanto aos objectivos, esses permanecem intactos para a piloto do Team Oleoban MAN Portugal: "Espero conseguir recuperar mais alguns lugares e melhorar a nossa classificação".

Amanhã entre Neuquén e San Rafael terá lugar o teste mais importante da primeira semana. A grande quilometragem (506 cronometrados) obrigará os competidores a manter um nível de concentração constante. Os pilotos também serão confrontados com as primeiras dunas. Grandes trechos fora da pista vão alternar-se com partes muito mais técnicas, na subida dos rios. A Cordilheira dos Andes ocupa o horizonte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qua Jan 07, 2009 11:26 pm

11:20Tragic news from Argentina: French rider Pascal Terry has been found dead on the route of the Dakar rally. The 49-year-old Terry had been missing since Sunday's second stage.
De lamentar esta 1ª morte no presente Dakar.
A toda familia e amigos os meus pesames.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 4:03 am

Após acidente com Yvan Muller

Elisabete Jacinto abandona "Dakar"


O Dakar Argentina-Chile terminou de forma inglória para a portuguesa Elisabete Jacinto, que se viu obrigada a abandonar depois um acidente em que se viu envolvida com o buggy de Yvan Muller.


A piloto da Team Oleoban Man Portugal estava a realizar uma boa prova, tendo ontem recuperado diversas posições, o que lhe valeu o 21º lugar à partida para a etapa de hoje.

Contudo, ao km 40, um choque com o carro do piloto francês, campeão do WTCC em 2008, obrigou ao abandono de ambos os concorrentes, já que tanto a viatura do francês como a de Elisabete Jacinto se incendiaram. De acordo com as últimas informações, não existem feridos a registar.

Mais informações assim que disponíveis
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 5:12 am

Após acidente com Yvan Muller

Elisabete Jacinto abandona "Dakar"
Os dois carros arderam completamente na sequência do acidente.

O Dakar Argentina-Chile terminou de forma inglória para a portuguesa Elisabete Jacinto, que se viu obrigada a abandonar depois um acidente em que se viu envolvida com o buggy de Yvan Muller.


A piloto da Team Oleoban Man Portugal estava a realizar uma boa prova, tendo ontem recuperado diversas posições, o que lhe valeu o 21º lugar à partida para a etapa de hoje.

Contudo, ao km 40, um choque com o carro do piloto francês, campeão do WTCC em 2008, obrigou ao abandono de ambos os concorrentes, já que tanto a viatura do francês como a de Elisabete Jacinto se incendiaram. De acordo com as últimas informações, não existem feridos a registar.

De acordo com Elisabete Jacinto, pouco havia a fazer para evitar o sucedido: "Rodava no pó do buggy do Yvan Muller, e de repente ele teve um problema, e eu toquei no carro dele. Não se via nada e as duas viaturas acabaram por ficar enganchadas. Deu-se um princípio de incêndio, que em poucos minutos consumiu o meu camião e o buggy dele.", referiu Elisabete Jacinto.


È caso para dizer nem o oleoban os salvou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:13 pm

Quinta etapa coloca Al-Attiyah em primeiro

De Viiliers vence etapa; Sainz perde liderança


Num dia difícil para os líderes, foi o sul-africano Giniel de Villiers a dar à Volkswagen o triunfo na quinta etapa do Dakar Argentina-Chile, ao passo que Carlos Sainz terminou a mais de 15 minutos do primeiro, perdendo assim o primeiro lugar na geral para Al-Attiyah.


Foi um final de etapa problemático para o piloto espanhol, que nas dunas argentinas perdeu o capot do seu VW, num problema que não foi exclusivo do VW do espanhol - o Mitsubishi de Stéphane Peterhansel padeceu de maleita semelhante, mas com o 'portão' traseiro do seu Racing Lancer.

A fase de dunas deverá ter sido, aliás, um elemento decisivo no resultado de hoje, já que até essa fase Sainz rodava em tempos próximos dos líderes da etapa.

Com o resultado da etapa de hoje, o piloto espanhol cede a liderança da geral para Nasser Al-Attiyah, que terminou a tirada em quarto, a 5m23s de Villiers.

Logo atrás de de Villiers na etapa ficou Dieter Depping, segundo noutro carro da marca alemã, a 2m18s, ao passo que o norte-americano Robby Gordon pilotou o seu Hummer até ao terceiro lugar, a 4m12s. Em quarto ficou, então, Al-Attiyah, ao passo que Peterhansel foi o quinto e Miller o sexto.

Assim, na classificação geral, o piloto do Qatar lidera com 2m24s de avanço sobre de Villiers, enquanto que Sainz caiu para terceiro, agora a 6m33s.

Quanto aos pilotos lusos, ainda nenhum alcançou a meta. Mais informações assim que disponíveis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:13 pm

Bianchi Prata sobe na geral; Luís Ferreira abandona


Tal como já se suspeitava, o motard Luís Ferreira, da equipa Bianchi Prata/CIN, que ontem na 4ª etapa furou o radiador da sua BMW G 450 X, não conseguiu chegar a tempo da partida para a 5ª Etapa deste Dakar.


Autor de uma prova sem mácula até então, Luís Ferreira não teve a sorte pelo seu lado nesta primeira edição do Dakar sul-americano. E, apesar de ter lutado contra o tempo para reparar os danos causado à moto com a esperança de chegar à zona de partida antes de ser tarde de mais, os muitos quilómetros que tinha pela frente para conseguir terminar a 4ª etapa não permitiram que isso acontecesse.

"Não consegui chegar a tempo ao acampamento. O meu objectivo era mesmo chegar ao fim deste rally, um sonho que fica por concretizar no próximo Dakar, espero eu", começou por explicar o piloto, visivelmente desiludido.

"É muito difícil lidar com a desilusão mas faz parte e quem corre nestas provas sabe que da mesma forma que pode correr bem, pode correr mal. É frustrante porque para uma primeira participação no Dakar, até estava a andar bem. Estava a gostar muito e sabia que na 5ª etapa teria que enfrentar muitos quilómetros de dunas, um percurso duro mas que ia gostar muito. Não sei que mais dizer, vou ficar por cá e apoiar o Pedro. Viemos cá como uma equipa e vamos regressar à casa uma equipa também."

Quanto ao seu colega de equipa, Pedro Bianchi Prata, arrancou para a etapa em 71º lugar, chegou ao CP2 em trigésimo primeiro e acabou em 35º, em mais um grande resultado, com uma consequente subida na classificação geral para quadragésimo quarto e que ainda poderá melhorar, caso a organização deduza os cerca de 45 minutos que o piloto esteve parado na 4ª etapa com João Rosa. Coerente, consistente e sempre a preservar a sua BMW G 450 X, o piloto portuense continua optimista e confiante, apesar de ter classificado a etapa de hoje como "a mais difícil até agora".

"Hoje foi um dia muito, muito duro. Foram muitas horas a andar sempre muito concentrado para evitar erros e para ganhar terreno. Andei sempre com um ritmo certo, quis preservar a moto", observou.

Prata teve na parte final, a sua melhor fase, o que o piloto explicou também: "não quis estar a desgastar-me logo de inicio quando sabia que o fim da especial seria a parte mais exigente a nível físico. Os últimos 80km foram de dunas e muita areia, que depois de andar tantas horas seguidas acabou por ser complicado".

Para amanhã, as dificuldades não prometem ser menores. "Amanhã também começamos com cerca de 60km de dunas portanto já deu para perceber com o que vamos contar! O cansaço começa-se a sentir, mas estou bem, com força e motivado para chegar ao fim entre os lugares da frente."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:13 pm

Hélder Rodrigues "muito satisfeito" com etapa


Hélder Rodrigues (KTM) esteve hoje em plano de evidência no Dakar Argentina-Chile, ao terminar o dia na quinta posição, num troço cronometrado de 506 quilómetros feito ao ataque.


Após a realização de quatro etapas onde a caravana do rali rodou, no geral, na defensiva, a quinta etapa teve um sabor a Dakar, com as primeiras dunas e um piso muito diversificado a dar vantagem aos pilotos mais experientes. Enquadrado nesse lote, o piloto da Lagos Team que teve, como melhor resultado no Dakar, um quinto lugar em 2007 subiu para o sexto lugar da geral, afastando-se dos franceses David Casteu e Cyril Despres que ocupam agora os 8º e 10º lugares, respectivamente.

"[Fui] décimo terceiro a arrancar para a etapa, fiz um óptimo início de especial, ocupando o quinto lugar ao quilómetro 102, dez segundos atrás do holandês Franz Verhoeven" referiu o português.

"No CP1 alcancei o Top 5, adiantando-me ao Zé Hélio, Casteu e Verhoeven, que me deu bastante confiança até ao final da etapa. Foi verdadeiramente uma bela jornada", acrescentou.

Mas na parte final o piloto português foi protagonista de uma grande ofensiva que se traduziu num quinto lugar na etapa, ganha pelo norte-americano Jonah Street, que surpreendeu nos últimos quilómetros.

Depois de uma etapa verdadeiramente ao ataque Hélder Rodrigues referiu: "A etapa de hoje correu muito bem. Ataquei forte principalmente na parte final e estou satisfeito pela recompensa que significa o quinto mais rápido na etapa e a subida de mais dois lugares na classificação geral" acrescentando que "a partir daqui vai ser complicado ganhar mais lugares, mas não impossível".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:14 pm

Stéphane Peterhansel às portas do abandono


No seu palmarés, Stéphane Peterhansel acumula nove vitórias no Dakar, seis das quais nas motos, as restantes com o Mitsubishi Pajero.


Este ano, os adeptos da maratona - agora sul-americana - podem estar apenas a algumas horas de "perderem" o pluri-vencedor da prova, já que na sequência dum aparatoso capotanço, os mecânicos da Mitsubishi irão passar a noite toda a tentar recuperar o Racing Lancer, mas a verdade é que só pela manhã se saberá se o carro estará em condições de regressar à "estrada":

"Capotámos a cerca de 15 kms do final da etapa, isto imediatamente antes de termos de transpor uma enorme duna. Foi um choque violento e rodámos os derradeiros quilómetros sem radiador, o que poderá ter danificado sertiamente o motor. Terminámos a etapa "presos por cordas" e eu acho que ficamos por aqui. Não sei, amanhã se vê!", referiu Peterhansel.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:15 pm

Paulo Gonçalves chegou em 11º

Jonah Street vence tirada; Rodrigues foi quinto


Os portugueses Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves estiveram em destaque na quinta etapa em motos do Dakar Argentina-Chile, rubricando excelentes prestações numa tirada que teve no norte-americano Jonah Street (KTM) o vencedor 'surpresa'.


Isto porque o chileno Francisco 'Chaleco' Lopez (KTM) liderou quase toda a etapa, que ligava Nequém a San Rafael, tendo passado ao km 476 com 6m18s de vantagem sobre Street.

Contudo, o azar de uns é a sorte de outros, e à chegada Jonah Street foi o mais rápido, com 5m53s de avanço sobre o holandês Frans Verhoeven, que também subiu um lugar face ao reduzido andamento do piloto chileno.

Lopez, que terá sofrido algum problema, terminou em terceiro, a 7m34s do mais rápido, ao passo que David Casteau terminou em quarto, já a 9m36s.

Em quinto ficou o português Hélder Rodrigues, em mais um grande desempenho do piloto da Lagos Team, perdendo apenas 10 minutos para Street e batendo Frétigné, Ullevalesetter, Desprès e Marc Coma.

Para o líder da geral, a etapa esteve longe de ser fácil, mercê de um furo pouco depois da tomada de tempos ao km 31 que o fez perder mais de 19 minutos, dos quais recuperou cerca de sete minutos.

Portugueses lutam no top 10

Para os principais pilotos portugueses, a etapa de hoje revelou-se bastante positiva, com Hélder Rodrigues e Paulo Gonçalves a intrometerem-se de forma consistente no top 10. O piloto da Lagos Team foi mesmo um dos principais destaques do dia, confirmando a melhoria de forma que já vinha resgistando nas três ultimas etapas. O quinto lugar na etapa acaba por ser um excelente resultado para o piloto português.

Já Gonçalves também conseguiu colocar a sua Honda de forma regular dentro dos dez primeiros, chegando ao final da etapa em 11º, a 35m24s, em mais uma boa prestação do piloto da Repsol Honda Europe.

Quanto a Pedro Bianchi Prata, o único representante da equipa com o mesmo nome, já que Luís Ferreira não deverá ter partido para a etapa esta manhã, chegou ao fim no 35º posto, a 1h41m16s, recuperando bastante tempo na parte final.

Posições positivas na geral

Com estes resultados, os motards lusos voltam a trepar mais alguns lugares na tabela. Hélder Rodrigues é agora o sexto, a 1h17m54s do líder, que continua a ser Marc Coma. Paulo Gonçalves ascendeu a 12º, a 1h57m59s do espanhol. Bianchi Prata é 44º, a 5h53m35s.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 10:48 pm

Dureza do percurso está a deixar marcas na caravana

Organização encurta etapa e adia início


Após um dia muito complicado para a generalidade dos concorrentes do Dakar, numa tirada que até ao momento foi a mais complicada para os concorrentes, estes vão hoje beneficiar de uma sexta etapa mais curta que o inicialmente previsto, já que é entendimento da organização que a dureza do percurso está a deixar fortes marcas na caravana, e com esta medida pretende atenuar um pouco a dureza até aqui imposta a todos os elementos da caravana.


Assim, e apesar do percurso total, muito naturalmente, ser o mesmo, (um total de 625 Km entre San Rafael e Mendoza), a especial será disputada apenas em 201km ao invés dos 395km inicialmente programados.

A partida será igualmente adiada uma hora de modo a permitir aos concorrentes terem mais sessenta minutos de descanso, e com isso recuperar mais algumas energias, pois no dia de ontem a chegada ao bivouac foi muito tardia para a grande maioria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 11:31 pm

Pascal Terry terá sofrido edema pulmonar





De acordo com notícias oriundas da polícia argentina, o motard francês Pascal Terry, que foi encontrado morto na noite de terça para quarta-feira, terá sido vítima de um edema pulmonar.

"O resultado da autópsia revelou que o piloto francês morreu de um edema pulmonar causado pela ingestão de um alimento, que lhe terá provocado uma paragem cardíaca", revelou um responsável da polícia local.
?????
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 11:32 pm

Dupla inglesa em coma induzido

Motards acidentados permanecem internados
Seis concorrentes internados na sequência de quedas e acidentes

Os quatro motards vítimas de acidente durante a quarta etapa do Dakar, disputada anteontem entre as cidades de Jacobacci e Neuquén, permanecem internados numa clínica no sul da Argentina.

O checo Dusan Randysek, o francês Jean-François Jayez, o canadiano Donald Hatton e o chileno Andrés Tamm Plesch, foram obrigados a desistir na sequência de queda, e embora o seu estado não inspire cuidados, todos ficarão em observação, pelo menos, durante mais 24 horas.

Entretanto, já se sabe a causa da morte do motard francês Pascal Terry, que foi encontrado sem vida na madrugada de quarta-feira. Edema pulmonar.

Médicos induzem coma

Entretanto, nos automóveis, a dupla Paul Green e Matthew Harrison, que sofreram um acidente na tirada inicial da prova, permanecem em coma induzido, ligados a respirador artificial, numa clínica de Santa Rosa, na Argentina.

Os dois britânicos não correm, aparentemente, risco de vida, mas os médicos decidiram induzir o estado de coma, de modo a facilitar sua recuperação, já que ambos apresentam vários traumatismos de média gravidade.
O Dakar a cobrar o seu elevadissimo preço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Qui Jan 08, 2009 11:56 pm

Francisco Pita: "Era uma etapa que necessitava muita técnica e resistência"





Apesar das primeiras desistências no Dakar Argentina-Chile, a equipa Francisco Pita e Humberto Gonçalves mantêm-se em prova, com muita cautela de modo a não sofrer contratempos que ponham em perigo a continuidade.

Num percurso marcado pela sua extrema dureza, com uma especial longuíssima de 506 Km e uma ligação ainda de 84km até S. Rafael, a experiência do piloto da equipa Toyota França manteve-no em campo numa boa posição. Indeterminada porque a etapa foi neutralizada na sequência do facto de muitos pilotos se terem perdido ou atrasado.

Devido a esse facto, a classificação oficial não foi divulgada, e muito provavelmente só hoje durante o dia se saberá as posições correctas de cada piloto. Entretanto, o maior desafio da etapa número cinco foram as dunas, uma delas quase com 20 km.

Como sublinhou Francisco Pita antes da partida "esta é uma etapa que necessita de muita técnica e resistência. Mas estamos preparados para a ultrapassar".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 3:21 am

Quinta etapa foi neutralizada

Leal dos Santos em noite ao relento...





Ricardo Leal dos Santos e Pedro Pires de Lima, em BMW X5, partiram esta manhã para o Bivouc instalado em San Rafael, local do final da quinta etapa ao qual não chegaram na noite de ontem em virtude na etapa ter sido neutralizada com as equipa a passar as horas que faltavam para o nascer do sol ao relento.

No decorrer de uma etapa marcada por uma extrema dureza, o piloto do Pioneer Desert Team Delta Q liderava a caravana lusa e a cerca de 60 kms do final do sector selectivo ocupava a 44º posição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 5:30 am

Motards portugueses mantiveram posições

Marc Coma distancia-se na geral


Cyril Després obteve hoje a sua primeira vitória numa etapa do Dakar 2009, terminando a tirada entre San Rafael e Mendoza, 2min09s à frente de Marc Coma, que com este resultado aumentou a margem que o separa do segundo classificado na geral, o norte-americano Jonah Street, que hoje não esteve nos seus melhores dias, já que foi apenas 11º.


O espanhol da KTM Repsol detém agora 40m29s de avanço sobre Street, que por sua vez tem David Fretigne apenas a sete minutos, na terceira posição. Hélder Rodrigues manteve o sexto posto, na frente do vencedor da etapa de hoje, Cyril Després. Paulo "Speedy" Gonçalves é 13º, enquanto Pedro Bianchi Prata é 39º da geral entre 105 concorrentes ainda em prova.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:33 pm

Piloto da BMW voltou a vencer a armada VW

Nasser Al-Attiyah destaca-se na frente


Nasser Al-Attiyah parece apostado em vencer mesmo o Dakar, já que na etapa de hoje, que como se sabe foi encurtada para menos de metade pela organização, voltou a vencer, e logo por uma margem a rondar os cinco minutos, sobre Giniel de villiers, curiosamente o segundo classificado na geral, dilatando assim bastante a margem, colocando-a em 7m31s. Um valor já muito apreciável.


O piloto qatari parece apostado em vencer mesmo a prova, e apesar desta não ter, sequer, chegado ainda a meio, a armada Volkswagen tarde em desembaraçar-se do pequeno "destroyer" BMW/Attiyah, cujo único problema é não ter colegas de equipa para fazer...jogo, o que não sucede para os lados da VW, que com os seus principais pilotos a rodarem muito juntos, qualquer dificuldade pode ser ultrapassada com ajudas, o que é bastante mais difícil de suceder no caso do homem da BMW. De qualquer modo, os dias vão passando e o atraso dos perseguidores aumenta. Na geral,e a seguir ao piloto do Qatar estão três Volkswagen, o de Giniel de Villiers, Carlos Sainz e Mark Miller, respectivamente a 7m31s, 15m10s e 25m22s

Melhor Mitsubishi a 40m do líder

Na quinta posição surge o primeiro dos Mitsubishi, o de Nani Roma, que está classificado a quase 40 minutos do líder, na frente do seu companheiro de equipa, Stéphane Peterhansel, cujos mecânicos passaram grande parte da noite a reparar a grave avaria no motor do Racing Lancer, que o francês fez o fazer de lhes "deixar" para a matiné. Do mal o menos, e o pluri-vencedor do Dakar permanece em prova, e tendo em conta a sua experiência, ninguém se admiraria muito se ainda chegasse aos lugares de topo...

Robby Gordon é sétimo classificado, e o primeiro a surgir para lá de uma hora de diferença para o líder. Abaixo desse "limite", todos poderão chegar à vitória pois convém lembrar que o Dakar ainda nem chegou a meio do percurso...

Dos portugueses falaremos mais logo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:34 pm

"Falhou" um checkpoint na etapa de hoje

Al-Attiyah pode ser penalizado


Afinal, a vitória de Nasser al-Attiyah na etapa de hoje poderá não se concretizar. Tudo porque o piloto da BMW "falhou" um checkpoint ao quilómetro 38, evitando assim um cordão de dunas que compunha a fase inicial da especial.


Tudo porque o piloto do Qatar foi vítima de sobreaquecimento no motor do BMW X3, e por isso evitou piorar a situação ao contornar, se assim se pode dizer, as dificuldades.

Para já, a classificação encontra-se suspensa até averiguação por parte dos comissários desportivos, que muito provavelmente não deixarão de penalizar o homem da BMW, diz-se, em duas horas, o que significa que a classificação pode levar uma grande volta. Um caso a seguir nas próximas horas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:34 pm

Luc Alphand abandonou





A Mitsubishi está reduzida somente a dois pilotos na sequência da desistência de Luc Alphand e Gilles Picard. Tudo se deveu a uma indisposição física do navegador do francês, que foi mesmo transportado para o Hospital local.


Imagens impressionantes da má disposição devido ao esforço para tirar i Mitsu do banho de lama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:35 pm

Giniel de Villiers é o novo líder da prova

Nasser Al-Attiyah foi desclassificado


O Dakar terminou para Nasser Al Attiyah e Tina Thörner, que foram desclassificados na sequência da especial de hoje, depois de terem falhado, propositadamente, vários pontos de passagem, no sentido de pouparem a mecânica do seu BMW X3, facto que lhes permitiu, em primeira instância, manter a primeira posição, na etapa e na classificação geral.


Contudo, e após a análise da questão por parte dos Comissários Desportivos da prova, foi decidido pura e simplesmente desclassificar o piloto do Qatar, já que o regulamento é explícito ao referir que os concorrentes serão penalizados em duas horas por cada controlo que não cumprirem, e serão desclassificados ao quinto. All-Attiyah "falhou" nove!

"Ele tinha um problema com o radiador do X3 desde o início da etapa em San Rafael e apesar do trabalho dos mecânicos o sobreaquecimento do motor acentuou-se à entrada da zona de dunas. Ele decidiu, por isso, contorná-las dunas e por isso falhou vários "check-points", o que lhe deu desclassificação automática.", referiu Sven Quandt, director Desportivo da X-Raid.

Assim sendo, o líder é agora o sul-africano Giniel De Villiers (Volkswagen Touareg) na frente de Carlos Sainz. O terceiro classificado é Mark Miller, o que significa que a VW reserva para si, o pódio provisório da corrida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:35 pm

Hélder Rodrigues sétimo em etapa encurtada





Motard português mantém a regularidade e o sexto posto na classificação geral Com o Dakar sul-americano prestes a entrar em território chileno, Hélder Rodrigues concluiu novamente o dia no Top 10 (7º) numa sexta etapa que sofreu várias alterações e que teve como vencedor o francês Cyril Despres, que venceu a sua primeira especial desta 31ª edição do Dakar.

A organização retardou a partida, em mais de duas horas, devido à penosa etapa de ontem, que muitos participantes concluíram fora de horas. Também o troço cronometrado seria encurtado, em 178 quilómetros dos 395 previstos, depois de ter sido localizada uma linha de água intransponível.

Com uma etapa, bastante arenosa na zona inicia, que acabou por ter um único check-point, Hélder Rodrigues ocupou o sexto posto a meio do percurso, terminando a etapa no sétimo posto, apenas quatro segundo atrás de David Casteu, numa especial feita em jogo do gato e do rato com o piloto francês.

Ao terminar a etapa no Top 10, pela segunda vez, o piloto Lagos Team/TMN continua regular e mantém a sexta posição na classificação geral por mérito próprio, deixando, ainda, para trás Despres, Verhoeven e Casteu, que se encontram nos lugares seguintes.

"De certa maneiro julgo que as coisas me têm corrido bem porque estou a encarar etapa a etapa. Já somei duas classificações no Top 10, e vou lutar para repetir . Estou a rodar a um bom ritmo, tanto para mim como para a gestão da moto, dado que ainda nem chegámos a meio do rally" Referiu Hélder Rodrigues, que continua a ser o melhor português em prova.

Classificação oficiosa da sexta etapa (motos)
1.º Cyril Despres em 2h 3min 20s
2.º Marc Coma, a 2min 9s
3.º Jordi Viladoms, a 5min 15s
...
7.º Hélder Rodrigues, a 11min 18s
Classificação geral oficiosa após 6 etapas (motos)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sex Jan 09, 2009 9:37 pm

Elisabete Jacinto elimina Campeão do Mundo

Do WTCC



Este só serve para verem a foto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sab Jan 10, 2009 2:53 am

Francisco Lopez vence tirada; Rodrigues foi 11º


Francisco 'Chaleco' Lopez foi o vencedor da sétima etapa do Dakar Argentina-Chile, que ligou Mendoza a Valparaiso, numa tirada que foi encurtada para 243,36km dos 419 previstos, conseguindo a sua primeira vitória na prova.


O motard chileno, que já havia estado bem perto de um triunfo numa especial na quarta-feira, não deixou fugir a oportunidade e colocou-se na luta pela vitória logo desde os primeiros quilómetros, fazendo face a Marc Coma, líder da geral, e que terminou a etapa em segundo lugar, a 3m57s.

Em terceiro ficou o francês Cyril Desprès, em franca recuperação, tendo finalizado a especial a 5m21s do primeiro, ao passo que Fretigné e Casteau ocuparam o qaurto e quinto lugar respectivamente.

Entre os portugueses, o melhor voltou a ser Hélder Rodrigues, da Lagos Team, que terminou em 11º, a 19m06s do mais veloz, tendo adoptado um ritmo mais cauteloso. Pouco atrás na classificação surge Paulo Gonçalves, que levou a sua Honda ao 16º posto, a 28m48s. Pedro Biachi Prata chegou ao final da etapa no 46º posto, perdendo mais 1h01m33s para o líder.

Na geral, Coma continua a liderar, com 51m22s de avanço sobre Jonah Street e 52m31s sobre Fretigné. Hélder Rodrigues continua a ser o melhor português, estando agora em sétimo, ao passo que Paulo Gonçalves é o 13º. Pedro Biachi Prata é o 41º, a 7h35m46s.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sab Jan 10, 2009 2:54 am

Sétima etapa do Dakar encurtada


Esta primeira edição do Dakar Argentina-Chile está-se a revelar mais difícil do que inicialmente se supunha.


Depois da etapa de ontem já ter sido encurtada, a de hoje, que liga Mendonza a Valparaiso, no Chile, viu também a sua distância ser reduzida.

A organização tomou a decisão devido às dificuldades sentidas ontem pela maioria dos pilotos para atravessar os últimos cordões de dunas. Assim, a etapa de hoje, irá ter apenas 243,36km de especial cronometrada, terminando no CP1.

Para além disso, apenas as motos e os carros irão competir, anulando-se a prova dos camiões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sab Jan 10, 2009 2:55 am

Adélio Machado foi o melhor dos portugueses


A etapa de ontem do Dakar Argentina-Chile esteve longe de ser fácil. E só as informações de que a especial seria neutralizada facilitou as coisas para uma grande parte dos pilotos, que ficaram atascados nas dunas.


Para Adélio Machado, a tirada foi bastante desgastante, mas à chegada ao bivuoc, o português não escondia a staisfação pela decisão tomada de não enfrentar as dunas. "Não arriscámos entrar no "inferno" das últimas dunas. Estavam lá dezenas de carros atascados e lá ficaram até hoje de manhã, saindo apenas com o nascer do sol. Quando as abordamos logo nos apercebemos que não seria fácil desbloquear aquela "catástrofe" e voltamos para trás, seguindo o percurso alternativo até ao bivouc, recebendo a indicação que a especial seria neutralizada", explicou Machado, enaltecendo as dificuldades por que passou ontem na especial e a dureza do Dakar.

"Passamos um dia muito desgastante, com constantes alterações atmosféricas: chuva, neve, sol, muito pó, enfim, tudo o que um Dakar pode ter, para além do percurso sinuoso e de extrema dureza para a mecânica dos automóveis. O bivouc de assistência mais parece uma sucata, tal é a quantidade de viaturas praticamente destruídas. Os mecânicos têm trabalhado imenso e, quando temos os melhores mecânicos do mundo ao nosso lado, temos a garantia que o carro estará pronto para o dia seguinte ou para as próximas horas", acrescentou o piloto da Padock Competições.

Ainda assim, Adélio Machado e Laurent Flament alcançaram ontem a melhor posição conseguida até então no Dakar Argentina-Chile, com um 32º na etapa, ascendendo ao 40º lugar na geral absoluta, retomando a liderança entre as equipas portuguesas.

Para atingir tal desiderato, o piloto da Padock Competições limitou-se a evitar os problemas e ao não atascar conseguiu contornar o maior inimigo do deserto: "foi muito, muito difícil passar os primeiros quilómetros. O primeiro waypoint estava de difícil acesso, bem lá no topo da duna. Depois, foi deixar "correr o vento" e escolher o melhor trilho, evitando os enormes buracos - autênticos fossos de areia, que iam aparecendo a cada quilómetro. A parte restante da etapa era bem rápida, deu para desencravar um pouco, já que a mecânica do Toyota assim o permitia, infalível até ao momento. Acima de tudo, fomos prudente e nada gananciosos em quer ganhar tudo de uma só vez. Lá diz a história: No Dakar nada se ganha, mas tudo se pode perder...".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sab Jan 10, 2009 4:16 am

Carlos Sainz em busca da liderança


Carlos Sainz está de novo ao ataque no Dakar Argentina-Chile, com a prova a entrar hoje em solo chileno.


À passagem do km 139, o piloto espanhol da Volkswagen liderava com 1m45s de vantagem sobre o Mitsubishi de Juan Roma.

O espanhol tem sido o mais rápido ao longo de toda a tirada, construindo uma pequena margem sobre o piloto do Racing Lancer, ao passo que o terceiro era Mark Miller, noutro Volkswagen, já a 2m57s.

Robby Gordon, ao volante do Hummer H3, que no primeiro posto de cronometragem era segundo, pouco atrás de Sainz, passou ao km 139 no quarto lugar, a 3m44s, logo na frente de Guerlain Chichérit e de Giniel de Villiers, quinto e sexto, respectivamente.

Os pilotos lusos ainda não passaram por aquele ponto de tomada de tempos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Sab Jan 10, 2009 4:46 am

Carlos Sainz volta à liderança do Dakar


A sétima etapa do Dakar Argentina-Chile, que ligou Mendoza a Valparaiso, no Chile, foi dominada pela Volkswagen e por Carlos Sainz, que venceu a tirada na frente de Mark Miller, reassumindo assim a liderança da geral.


Depois de já ter encurtado a etapa de ontem, a organização optou por reformular a etapa de hoje, em virtude das dificuldades que a maior parte dos pilotos enfrentou para atravessar o ultimo cordão de dunas do dia anterior. Assim, a tirada de hoje foi encurtada para 243,36km, ao invés dos 419 previstos.

Face a isto, e já sem a concorrência de Nasser Al-Attiyah, Carlos Sainz partiu para esta etapa ao ataque e com o objectivo de recuperar a liderança, desiderato que alcançou no final desta etapa. Em segundo lugar na etapa ficou o seu colega Mark Miller, a 3m41s.

No terceiro posto ficou Robby Gordon, no Hummer H3, mas já a 4m13s, ao passo que o melhor dos Mitsubishi ficou em quarto, com Juan Roma a 5m37s do espanhol.

Chichérit ficou em quinto, de Villiers em sexto e Vigouroux em sétimo.
Em dificuldades está Stéphane Peterhansel, que se encontra parado na especial com um problema no motor. No entanto, já esta manhã, o francês sofrera com o sobreaquecimento do motor e com um princípio de incêndio. Neste momento, a hipótese de abandono é muito provável, naquele que seria o segundo abandono por problemas mecânicos no Dakar.

Com a vitória nesta etapa, Sainz saltou então para a liderança da tabela, com escassos nove segundos de vantagem sobre Giniel de Villiers e 13 segundos sobre Mark Miller, num pódio que neste momento é inteiramente ocupado pelos carros da marca germânica, prova de grande solidez por parte dos Race Touareg.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:41 pm

Motard luso mantém sétima posição

Hélder Rodrigues: "Agora é que vêm as dunas a sério"





Hélder Rodrigues continua a ser o melhor português, num dia em que a etapa voltou a ser encurtada. Desta feita o homem do Lagos Team terminou na 11ª posição a sétima etapa, uma especial com mais de 100 quilómetros de areia na fase inicial, e que marcou a entrada no Chile, onde se atravessarão os Andes.

A tirada voltou a ser encurtada sendo a chegada registada no CP1, ao quilómetro 243, de modo a atenuar a fadiga que muitos participantes sentiram, ontem, na passagem das últimas dunas da etapa.

Situação sobre a qual o piloto patrocinado pela TMN comentou: "De facto este Dakar está a ter passagens bastante difíceis e cansativas, principalmente para nós que participamos em motos. Felizmente tenho dormido 4 a 5 horas, por noite, e consigo assim retomar energias, o que já não acontece com muitos motards que chegam fora de horas."

Partindo de sétimo, Hélder Rodrigues esteve mais cauteloso rodando nas 10ª e 11ª posições para terminar às portas do Top Ten. Com o resultado de hoje, o piloto português desceu um lugar na classificação geral, ocupando agora a sétima posição, atrás do francês Cyril Despres que terminou a especial no 3º posto. O chileno, Francisco Lopez, venceu a etapa rubricando a sua primeira vitória nesta edição do Dakar.

"O Cyril está a andar muito forte, por isso já estava a prever que ele me passasse na classificação geral. Ainda falta muito rali e estou ainda numa boa posição para recuperar posições. Agora vêm as dunas a sério, onde costumo estar à vontade. O mais importante é que me sinto bem fisicamente, a moto não me tem dado problemas e estou com a confiança em alta, para enfrentar a segunda metade deste Dakar" Comentou o piloto Lagos Team/TMN.

Classificação oficiosa da sétima etapa (motos)
1.º Francisco Lopez em 2h 36min 09s
2.º Marc Coma, a 3min 57s
3.º Cyril Despres, a 5min 21s
...
11.º Hélder Rodrigues, a 19min 06s
Classificação geral oficiosa após 7 etapas (motos)
1.º Marc Coma em 26h 23min 47s
2.º Jonah Street, a 51min 22s
3.º David Frétigné, a 52min 31s
4.º Pal Ullevalseter, a 1h 24min 01s
5º. Jordi Viladoms, a 1h 24min 19s
6º. Cyril Despres, a 1h 35min 23s
7.º Hélder Rodrigues, a 1h 42min 12s
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:41 pm

Pedro Bianchi Prata: "Não arrisquei e andei certinho sem cometer erros"





Pedro Bianchi Prata optou hoje por colocar-se à margem das armadilhas do percurso, tendo optado por não andar muito rápido, de modo a assegurar que não tem grandes contratempos. A táctica resultou, já que o piloto não teve problemas a registar.

A especial, originalmente prevista com mais de 400km, foi reduzida para 243km com fim no CP1 para os carros e as motos, sendo que esta etapa para os camiões foi cancelada.

Pedro Bianchi Prata conta como correu esta 7ª etapa composta por troços de muita areia, pó fesh-fesh, zonas alagadas e pistas rápidas.

"Foi uma etapa sem muita piada. Com 240km pela frente antes de reabastecer, estava com receio de ficar sem gasolina pelo caminho e para não arriscar andei certinho, sem cometer erros. Havia pistas rápidas de areia em que não acelerei muito. Apanhamos uma parte de pó fesh-fesh e algumas zonas alagadas em que tínhamos que desviar da pista para evitar a água. Em geral correu bem. Mas ainda faltam 7 etapas, ainda muita coisa vai acontecer! Estou com ânimo e com vontade de ver o que vem aí."

Hoje a ligação de cerca de 300km que dá entrada para o Chile, tem como destino a cidade Valparaiso. Uma cidade na costa do mar pacífico, eleita como o sítio ideal para os pilotos aproveitarem do seu único dia de descanso nesta prova.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:43 pm

Grande confusão entre os pilotos mais atrasados no Dakar

Ricardo Leal dos Santos a caminho do Chile





Ricardo Leal dos Santos e Pedro Pires de Lima, em BMW X5 estavam esta manhã a 20 quilómetros do CP1 da 6ª etapa do Dakar Argentina Chile. As más condições climatéricas e a extrema dureza que têm marcado últimos dias do rali, impediu quase meia centena de participantes de chegar ao final da especial de ontem, pelo que o piloto do Pioneer Desert Team Delta Q se viu obrigado a permanecer mais uma noite ao relento.

Perante estas condições, a organização da prova deu autorização de partida para o sector selectivo de hoje a todos os pilotos que chegassem ao CP1 da 6ª etapa.

As últimas informações de que dispomos, indicam que este grupo se dirige já para o início do sector selectivo de uma etapa que os levará até Valparaiso no Chile onde gozarão de um merecido dia de descanso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:43 pm

Trabalhadores de apoio logístico morrem em acidente de circulação





De acordo com o programa "El Larguero" da espanhola Cadena Ser, o Dakar teve mais duas vítimas mortais. Ao que parece, as fatalidades aconteceram em sequência de um acidente de estrada entre um camião de apoio logístico ao Dakar Argentina-Chile e outro veículo particular, na estrada entre La Serena e Ovalle, isto de acordo com informações policiais.

Os dois falecidos são Roberto de la Cruz Vera, de 58 anos, e Freddy Fabián Arucutipa, cidadão peruano de 32 anos, sendo que o acidente teve mais dois feridos graves como consequência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:46 pm

Adélio Machado: "Nunca tinha visto um Dakar tão duro e destruidor"


Adélio Machado esteve novamente em destaque na etapa de ontem, demonstrando todas as suas capacidades de pilotagem nas areias argentinas da Cordilheira dos Antes, antes da passagem para território chileno, após duas infernais etapas sob condições atmosféricas muito difíceis.


Com a Cordilheira dos Andes no seu horizonte, Adélio Machado não se deixou abater pelo grande desgaste provocado pelas duas últimas especiais em que esteve entre os mais rápidos do agrupamento T2, voltando a realizar uma prova de grande sofrimento e cuidada: "nunca será de mais repetir: ainda só vamos a meio e a caravana começa a dar sinais de fraqueza! Temos o exemplo das equipas oficiais que a cada dia que passa vão perdendo pilotos", explicou o piloto, lembrando a grande difiucldade que este Dakar está a levantar aos pilotos.

"Este Dakar tem sido muito duro e, nada melhor do que dosear o andamento e poupar a mecânica do Toyota. As duas anteriores etapas foram muito desgastantes, hoje voltámos a ter areia com muita lama e temperaturas altas. Passamos muitas dificuldades na região montanhosa, por diversas vezes ficamos atolados e ainda tivemos que rebocar dois carros franceses e o carro de assistência rápida da nossa equipa. Para além de correr ainda fui bombeiro! Era por e tirar prancha, atar e desatar cinta, isto é mesmo duro", acrescentou.

"A parte final era bem mais rápida mas com algumas ratoeiras, muito fesh-fesh e areia lamacenta e escorregadia, O carro levou uma tareia, passei por mais de vinte jipes mal tratados e com capot aberto, rodas escachadas, enfim, nunca tinha visto um Dakar tão duro e destruidor" contou o piloto da Padock Competições que mantém a posição de líder entre as equipas portuguesas e numa posição bem acima da divulgada no site do Dakar: "o que me foi dito foi que as classificações ainda não se encontram com as penalizações devidas. Ontem quando cheguei ao final da etapa era o 32º carro no bivouc e tive uma ordem de partida muito superior! Espero que tudo seja rectificado no dia de amanhã. A própria ASO está um pouco fora da prova, perdeu por completo o controlo da classificação e, não será fácil resolver esta situação pacificamente. Se levar à risca o regulamento, ficamos reduzidos a meia centena, tal foi o elevado número de equipas que falharam os pontos de passagem".

Com sete das catorze etapas cumpridas, o piloto da Padock Competições transmite um sentimento de dever cumprido: "muito sinceramente não esperava tantas dificuldades, mas, o Dakar é isto mesmo, uma prova dura que testa a nossa resistência física e a mecânica do automóvel. Com a prova a meio, sinto que tenho cumprido, com um ou outro resultado menos conseguido. Talvez o objectivo de vencer esteja um pouco mais difícil mas espero poder lutar por um lugar do pódio nas restantes etapas que faltam disputar" concluiu Adélio Machado.

O dia de descanso para pilotos será, no entanto, de muito trabalho para os mecânicos: "é preciso dar nova vida ao Toyota, com uma revisão geral e, aí entram os mecânicos que muito trabalho tem tido, sendo estes os melhores do mundo. O desgaste e a fadiga são visíveis, mas o espírito de "vitória" e dever cumprido vai imperando na equipa. Passada esta primeira fase, vamos recarregar baterias para continuar a dar alegria aos nossos aficionados e honrar o bom nome de Portugal".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:46 pm

Fiabilidade continua a ser problema

Dominique Serieys: "Racing Lancer ainda tem muito para melhorar"


Habituada a estar nos lugares da frente do Dakar, a Mitsubishi encontra-se reduzida à presença de Juan Roma, actualmente no quarto lugar da geral, agora que Stéphane Peterhansel se viu forçado a abandonar na etapa de ontem. O director da equipa, Dominique Serieys, reconhece que o Racing Lancer ainda precisa de tempo para evoluir.


Desde o inicio da prova que a 'armada' da marca nipónica tem vindo a ficar reduzida, primeiro com o abandono de Hiroshi Masuoka, depois Luc Alphand (embora por problemas de saúde), e ontem Stéphane Peterhansel foi obrigado a abandonar com problemas de motor.

Apesar de serem grandes contrariedades, estes problemas acabaram por não surpreender os responsáveis da Mitsubishi.

"Mesmo quando chegámos às verificações em Buenos Aires não estava bem certo do que aconteceria. A minha ideia era clara: quando decidimos entrar na categoria diesel com o Racing Lancer, sabíamos que o projecto seria a médio-prazo - 2009/2011", começou por dizer Serieys, lembrando que também as equipas rivais tiveram de esperar pelas evoluções dos seus carros para atacarem o Dakar na máxima força.

"Quando se vê que a Volkswagen e a BMW estão neste projecto há seis anos para estarem onde estão hoje, podemos dizer que num breve período de tempo alcançámos a performance, mas ainda há muitas áreas nas quais precisamos de trabalhar e melhorar", acrescentou, virando agora os esforços da sua equipa para Juan 'Nani' Roma, único resistente da marca nipónica, em quarto lugar da geral, a quase meia hora de Carlos Sainz.

"Espero que [Roma] continue a dispor de um carro sem problemas na próxima semana para alcançar um lugar no pódio ou ainda melhor", completou.

Thierry Viardot, director técnico da equipa, alinhou pelo mesmo diapasão e explicou que "não é uma questão de sorte mas sim uma questão de trabalho e esforço. Sabíamos antes de vir que este rali seria muito difícil".

Contudo, reconheceu que a equipa não tem "experiência suficiente com o novo carro". "50 por cento de mim pensa que o 'Nani' deveria tentar terminar e os outros 50 dizem-me que ele devia forçar ao máximo para tornar as coisas interessantes. Sabemos que temos capacidades que ainda não demonstramos", referiu Viardot.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jójó
OffRoad 3 estrelas
OffRoad 3 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 54
Localisation : Carregado - Portugal
Data de inscrição : 17/07/2008

MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   Seg Jan 12, 2009 10:46 pm

Os erros de cálculo e o 'salvador' de Jobard





Num Dakar, por vezes, dentro do azar consegue haver sempre alguma sorte. Foi o que aconteceu com o motard francês Willy Jobard, que pode levar já para casa algumas histórias caricatas.

A cerca de 100 metros da chegada em La Junta, o motard ficou sem gasolina. A razão? Um erro no calculo do consumo da sua moto. "Tinha repartido a gasolina entre o depósito dianteiro e o traseiro, mas não fiz a mudança no momento certo, pelo que a 100 metros da meta não me restava nada. Os meus cálculos saíram errados por 100 metros", confessou o piloto que cortou a linha de chegada a empurrar a moto.

Mas, se esta situação não foi muito grave, dada a proximidade da meta, alguns dias antes a preocupação foi o principal sentimento vivido por Jobard, que quase abandonou a prova, não fosse a ajuda de um espectador.

"O meu pneu traseiro estava desfeito e de repente um espectador veio ter comigo e disse-me que tinha uma moto em casa. 'Que tipo de mota?' perguntei eu. 'Uma Honda 600XR', respondeu ele. 'Então parece que me podes ajudar'", respondeu Willy Jobard, que esperou hora e meia para que o homem voltasse com a sua moto, que já não devia ser posta em funcionamento há muito tempo.

No entanto, e talvez por isso, o pneu tinha um problema: estava demasiado velho. Mas como a 'cavalo dado não se olha o dente', Jobard reparou a moto e terminou a etapa."O pneu era tão velho que durante a etapa os tacos iam caindo um atrás do outro. Mas consegui chegar ao final!, acrescentou o motard, que mais tarde voltou ao seu 'salvador' para lhe agradecer.

"Quis pagar-lhe, oferecer-lhe um par de pneus, mas ele não quis aceitar. Estava contente por me ter ajudado", completou Willy Jobard, 83º da geral, logo atrás de Alain Duclos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dakar Argentina-Chile 2009   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dakar Argentina-Chile 2009
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Periodo de migração 2009
» Larus genei deixa de ser raridade!
» Curso de Identificação de Rapinas em Sagres - 12-13, 19-20 Setembro 2009
» ObservaNatura - Birdwatching Fair 2009
» reprodução de molinésia preto

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Angola OffRoad :: DESPORTO MOTORIZADO :: Provas Todo-o-Terreno fora de Angola-
Ir para: