Angola OffRoad

Forum de Divulgação, Informação e Convivio
 
InícioPortalFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Jan 29, 2009 3:59 pm

Apresento aos amigos forumeiros Sérgio Holanda e a sua aventura na TRANSAMAZÔNICA-2009.Já fiz o convite para ele se cadatrar e sei que vocês gostarão o que tem para relatar sobre Off Road dentre outras coisas:

Transamazônica 2009
"Aqui você confere todos os detalhes da Transamazônica 2009.
Depois do sucesso da última expedição pela Transamazônica, um dos responsáveis pela organização e responsável pelo planejamento/condução do grupo nos eventos anteriores, Sérgio Holanda, traz sua edição 2009.
Desta vez a rota pretendia são as estradas que ligam Cuiabá/MT a Manaus, passando mais uma vez pela Transamazônica e BR-319.
A época escolhida novamente coincide com a estação das chuvas na região, seguindo o lema dos aventureiros "quanto pior, melhor".
Como na edição anterior, você confere aqui tudo sobre a expedição, os preparativos, informações sobre os carros, as rotas pretendidas e outros detalhes. Também estaremos fazendo uma integração on-line da expedição com este portal, com atualizações direto dos trechos.
Sonho de muitos jipeiros, a Transamazônica é um grande desafio. Depois de cruzar os milhares de quilômetros que separam a rodovia de muitos dos estados brasileiros, os aventureiros encontram uma estrada abandonada, com pontes precárias e trechos em péssimas condições de tráfego. Na época das chuvas todas estas dificuldades chegam a níveis extremos.
Mais que espírito de aventura, uma expedição como essa necessita preparo minucioso dos equipamentos, experiência e técnica em condução fora de estrada, e principalmente trabalho em equipe.
Objetivo da expedição:
Esporte de aventura off road com veículos 4x4 nos trechos abertos para a construção da Transamazônica. Pretendendo levantar dados culturas, sociais e ambientais as margens da rodovia e de todo o percurso através de registro de imagens. Agregando-se a isto um trabalho social, com levantamento textual da situação em que vivem e como a região está sendo explorada e devastada.
Transamazônica:
O Programa de Integração Nacional (PIN), que formulou uma série de ações, como a construção da rodovia Transamazônica, ligando o Nordeste e a rodovia Belém-Brasília à Amazônia Ocidental; e a construção da
rodovia Cuiabá-Santarém (BR-163), ligando o Mato Grosso à Transamazônica. Todas essas ações estavam relacionadas à mudança do modelo desenvolvimento brasileiro operada nas décadas de 60 e 70, com a inserção do país na economia mundial.
Além de sua reconhecida riqueza natural, a Amazônia abriga expressivo conjunto de povos indígenas e populações tradicionais que incluem seringueiros, castanheiros, ribeirinhos, babaçueiras, entre outros, que lhe conferem destaque em termos de diversidade cultural. Este patrimônio sócio-ambiental brasileiro com suas características originais relativamente bem preservadas e constitui-se numa riquíssima fonte de matéria-prima (alimentares, florestais, medicinais, energéticas e minerais).

Fique ligado e faça parte dessa aventura.



Confira no endereço: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] como foi a ultima expedição"
Espero que vocês gostem e estamos aguardando a visita de Sérgio Holanda . E ao Sérgio, digo-lhe: Seja Bem Vindo!

Um abraço,
Karla Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Jan 29, 2009 4:40 pm

Roteiro da Expedição
Esse ano a expedição abrange um roteiro off-road de maior extensão. A aventura inicia em Cuiabá/MT, com os participantes subindo a BR - 163 para encontrar com a rodovia Transamazônica na altura de Itaituba. Nela eles seguem até Humaitá para em seguida subirem a precária BR - 319. Abaixo maiores detalhes sobre percurso, com as perspectivas de parada:

SAÍDA
CHEGADA
Distância (km)
Rodovia
Cuiabá/Nova Mutum
Guarantã do Norte
464
BR - 163
Guarantã do Norte
Novo Progresso
362
BR - 163
Novo Progresso
Trairão
310
BR - 163
Triarão
Jacareacanga
420
Transamazônica
Jacareacanga
Apuí
290
Transamazônica
Apuí
Humaitá
468
Transamazônica
Humaitá
Acampamento 1
292
BR - 319
Acampamento 1
Acampamento 2
110
BR - 319
Acampamento 2
Careiro
268
BR - 319
Careiro
Manaus
268
BR - 319
Distância total
3104

Mapa do Trajeto:



Fonte:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Jan 29, 2009 4:43 pm

Datas:
Data de saída (Sérjão - organização - Recife/PE): dia 10/02.
Ponto de encontro de todos os participantes e início da expedição: dia 13/02 de manhã em Cuiabá
A data de chegada em Manaus foi estimada em 25 de Fevereiro.

Fonte:http://www.cameltrophy.com.br/transamazonica2009/
Voltar ao Topo Ir em baixo
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Jan 31, 2009 2:59 am

Amiga Karla, que bela surpresa este post sobre a aventura deste ano...espero que todos aqueles que gostam do off road de aventura acompanhem o site e quem quer ter uma visão do que foi ano passado acesse o [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
tem os vídeos no youtube na minha página [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Agora gostaria de convidar os amigos off roads de Angola para participar em 2010 de mais uma aventura na transamazônica.

Abraços a todos,

Sérjão
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
papabeer
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 5610
Idade : 54
Localisation : Luanda - Angola
Data de inscrição : 06/06/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Jan 31, 2009 3:05 am

O nosso obrigado por partilharem connosco essa aventura em terras Brasileiras, vamos concerteza acompanhar o evento.

_________________
faroeste
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/paulo.arroteia
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Jan 31, 2009 3:40 am

Caro papabeer,

Espero que os amigos Angolanos se programem para em 2010 poderem fazer essa aventura juntamente comigo.

Abrs,

Sérjão
papabeer escreveu:
O nosso obrigado por partilharem connosco essa aventura em terras Brasileiras, vamos concerteza acompanhar o evento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
papabeer
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 5610
Idade : 54
Localisation : Luanda - Angola
Data de inscrição : 06/06/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Jan 31, 2009 6:06 am

Quem sabe essa oportunidade surje e vá uma equipe daqui de Angola.

Em 2008 tivemos 2 pilotos no TransOriental e tiveram uma participação muito positiva.

Temos um tópico aqui no forum a falar da participação dos Angolanos no Transoriental, pode ser que agora tenhamos Angolanos no TransAmazónica.

_________________
faroeste
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/paulo.arroteia
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Jan 31, 2009 10:04 am

Então papabeer, comecem os preparativos para vir ao Brasil, em Julho defino a data da viagem em 2009 e seremos honrados em ter a presença de um grupo Angolano nessa fantástica travessia.

Abrs,

Sérjão
papabeer escreveu:
Quem sabe essa oportunidade surje e vá uma equipe daqui de Angola.

Em 2008 tivemos 2 pilotos no TransOriental e tiveram uma participação muito positiva.

Temos um tópico aqui no forum a falar da participação dos Angolanos no Transoriental, pode ser que agora tenhamos Angolanos no TransAmazónica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Fev 01, 2009 6:32 am

Caros Papabeer, Sérgio Holanda, amigos forumeiros:

É muito importante que haja este intercâmbio no Fórum, mostrando assim o bom convívio e camaradagem, independentemente da nacionalidade que temos, acima de tudo, a troca de ideias e experiências, nos faz crescer culturalmente.

Um abraço a todos,
karla Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Fev 01, 2009 11:32 pm

Grande Karla,

a internet é uma grande ferramente de conhecimentos e também da interação entre pessoas a grandes distâncias, de modo que esta ponte do Brasil com Angola via uma paixão em comum, veículos 4x4 e aventuras, irá crescer muito nossos conhecimentos sobre o assunto, mas o principal ganho de tudo isso é como você citou, o crescimento cultural!!!

Abrs,

Sérjão

Karla mendes escreveu:
Caros Papabeer, Sérgio Holanda, amigos forumeiros:

É muito importante que haja este intercâmbio no Fórum, mostrando assim o bom convívio e camaradagem, independentemente da nacionalidade que temos, acima de tudo, a troca de ideias e experiências, nos faz crescer culturalmente.

Um abraço a todos,
karla Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Fev 05, 2009 12:40 pm

Vejam abaixo alguns detalhes sobre os participantes. Breve mais informações:


Piloto:

  • Piloto: Sérgio R. Delgado de Holanda e co piloto Marcão
  • Idade: 34 / 45
  • Cidade/Estado: Recife/PE

Veículo:

  • Fabricante: Toyota
  • Modelo: Hilux CD SR5 ano 1999
  • Combustível: Diesel
  • Outros detalhes: Guincho de 6 ton da Ironman, Kit especial de suspensão da Ironman, rádios PX e PY, pneus cross, snorkel.


Piloto:

  • Piloto: Sérgio R. Delgado de Holanda e co piloto Marcão
  • Idade: 34 / 45
  • Cidade/Estado: Recife/PE

Veículo:

  • Fabricante: Toyota
  • Modelo: Hilux CD SR5 ano 1999
  • Combustível: Diesel
  • Outros detalhes: Guincho de 6 ton da Ironman, Kit especial de suspensão da Ironman, rádios PX e PY, pneus cross, snorkel.


Piloto:

  • Piloto: Daniel Anáps e co-piloto Gillermo Loza
  • Idade: 33
  • Cidade/Estado: São Luiz - MA / Rio de Janeiro - RJ

Veículo:

  • Fabricante: Nissan
  • Modelo: X-terra
  • Combustível: Diesel
  • Outros detalhes: Lift de 2", snorkel e pneus lameiros


Piloto:

  • Piloto: Bruno Sander
  • Idade: 28
  • Cidade/Estado: Belo Horizonte/MG

Veículo:

  • Fabricante: Nissan
  • Modelo: Frontier SEL
  • Combustível: Diesel
  • Outros detalhes: Suspensão modificada Bilstein. Calços com 2,5" na dianteira e 3" na traseira. Bloqueio 100% ARB no diferecial traseiro, Proteções de assoalho. Guincho Warn 9.5Ti. Preparação Reiko com 243CV e 51kgmf. Pneus MUD, GPS. 40L de Diesel em 2 galões de reserva.


Piloto:

  • Piloto: Volmir Venson e co piloto Maria Irene
  • Idade: 58
  • Cidade/Estado: Luis Eduardo Magalhães/BA

Veículo:

  • Fabricante: Troller
  • Modelo: Troller 3.0 TDI - 2008
  • Combustível: Diesel
  • Outros detalhes:Snorkel, rádio VHF, GPS, barraca de teto, protetor de motor, Pneus MUD, guincho 9 ton, protetor de caixa e tanque.





FONTE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

UM ABRAÇO A TODOS,
KARLA MENDES
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Fev 05, 2009 1:03 pm

Diário de Bordo:
Nessa seção você fica por dentro de toda emoção desta aventura, conferindo as últimas notícias sobre o evento.
30/12/2008
Notícias direto do trecho



Pará - Os municípios em torno da rodovia BR-163 no oeste do Estado começam a sofrer com as fortes chuvas que caem sobre a região. O inverno ainda está começando, mas já causa grande estrago na rodovia. Desde sábado (27), por conta da chuva, o trecho que liga Moraes de Almeida (Itaituba) à Novo Progresso foi interditado.
Com a força das águas houve deslocamento de um bueiro sobre um córrego e formou uma cratera de aproximadamente 10 metros de profundidade. O trecho está interditado e sem previsão de liberação. Caminhões e carretas que transportam produtos alimentícios e da região sul e sudoeste do Brasil para os municípios da região, estão parados à margem da rodovia e os produtos estão apodrecendo.
Os empresários que residem em Novo Progresso e tem negócios em Moraes de Almeida, Jardim do Ouro e Creporizão reclamam do descaso na manutenção da rodovia. As empresas de ônibus que fazem a linha Novo Progresso, Itaituba e Santarém estão fazendo baldeação. 'É grande o sofrimento das mulheres com crianças que estão tentando chegar ao destino até o ano novo', diz o motorista Antonio Souza.
Antes do bloqueio da rodovia, passageiros e motoristas reclamam que sofriam para passar nos atoleiros. O trecho entre Moraes de Almeida e a Comunidade Aruri está sem condições de trafegabilidade. Os motoristas afirmam que antes de chegar o período de chuva, que normalmente ocorre entre fevereiro e abril, esse trecho estará destruído.
Gervásio Moreira, motorista de uma carreta, alerta, 'quem está com muita pressa resta a alternativa, pagar o jerico (trator agrícola) e passar os atoleiros para ir embora'.
Segundo a metereologia a situação poderá ficar bem mais dramática. Do outro lado, o trabalho de recuperação e manutenção da Rodovia está abandonada. Até a empresa que tinha escritório em Novo Progresso fechou suas portas, sem perspectiva de que outra empresa venha para continuar os trabalhos.
Apesar da extensão da Rodovia, 800km entre Itaituba e Guarantã do Norte, MT, o Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transporte) vem executando obras apenas entre Riozinho das Arraias e Novo progresso e no município de Trairão, onde está construindo três pontes de concreto que devem amenizar o problema, haja vista em todo o trecho da BR-163, 95% das pontes são de madeira e não suportam o peso dos caminhões.

01/02/2009

Bastaram as primeiras chuvas para motoristas e passageiros sentirem os efeitos das péssimas condições de trafegabilidade da rodovia BR-163, no oeste do Pará. Os usuários precisam enfrentar atoleiros, pista escorregadia e o pagamento de pedágio para seguir viagem.

Como todo ano durante o período de inverno amazônico, começa o martírio para motoristas e passageiros de veículos que trafegam pela BR-163. Nossa equipe de reportagem acompanhou a trajetória dos motoristas e passageiros entre Itaituba e Novo Progresso. Uma experiência marcante. Para quem viaja pela primeira, uma sensação de aventura e ao mesmo tempo desespero quando se depara com os buracos mais altos que o veiculo. Para aqueles que estão acostumados, é como se estivesse realizando mais uma aventura. "Perigosa, mas sensacional". Para os motoristas, tensão, cuidados e muita atenção ao volante; "qualquer vacilo, fica no buraco".
Viagens que duravam em média 7 à 10 horas de ônibus ou caminhão, nesse período chega a 24 horas. E as pessoas precisam estar preparados, não devem esquecer-se de levar na bagagem, alimentação, água e remédios, porque saiu do porto de Miritituba (PA) ou de Guarantã do Norte (MT) não se sabe que dia ou hora chega ao destino. Os caminhoneiros já sabem, começou a chuva, tem que parar na próxima ladeira e de preferência ao lado da pista para dá passagem aos veículos menores. Os motoristas de ônibus, as vezes insistem em furar o bloqueio, mas muitas vezes acabam dentro do buraco. Todo mundo desce, se possível empurram, se não sai, espera socorro ou de repente surge um trator agrícola, (aqui muito conhecido por Jirico). Apesar do conforto dos ônibus, poltronas confortáveis, semi-leito, com ar condicionado, mas muitos se aventuram na camioneta D-20, que devido o tamanho e praticidade dos motoristas, dificilmente fica no atoleiro. Geralmente nesse período anda lotada, (chegamos a encontrar uma delas com 19 passageiros e ainda uma mudança).
Apesar do sofrimento, a população em torno da rodovia BR-163 não tem outra alternativa, a não ser pegar a primeira "condução que passa e se unir à outros aventureiros para chegar ao destino". Porém, a viagem é muito perigosa, cheia de surpresa, porque além dos atoleiros e a buraqueira, 98% das pontes ao logo da rodovia são de madeira e estão em péssimas condições e alguns motoristas irresponsáveis, não considerando as condições da rodovia, trafegam em alta velocidade. A rodovia tem muitas curvas e normalmente é difícil a ultrapassagem, dada a visibilidade e as condições da estrada, mesmo assim alguns insistem em por sua vida e a dos outros em risco.
Os caminhoneiros que transportam produtos alimentícios, como frango, frutas e verduras, reclamam que os produtos estragam, "porque a gente sai com a carga de São Paulo e no máximo em 48 horas temos chegar a Itaituba ou Santarém e agora a viagem chega a 75 horas. O motorista Cláudio Simone, reclama que paga impostos, a cada posto fiscal somos cobrados, mas o governo federal não oferece condições para transportar a mercadoria. "Estamos abandonados e todo ano temos passar por este sofrimento".



02/02/2009
BR - 319

Considerada a pior estrada federal do País. A rodovia foi construída e asfaltada em 1973, mas só permitiu o tráfego normal durante pouco mais de 10 anos. O terreno é argiloso, o que prejudicou a compactação do asfalto. Em conseqüência disso, o asfalto sumiu ou está totalmente esburacado. Não há manutenção nos trechos críticos.
As fortes chuvas do inverno amazônico contribuíram para que,há mais de 15 anos a estrada não seja mais que uma trilha no meio da floresta. Contam-se aproximadamente 150 igarapés com pontes de toda espécie, desde alvenaria até improvisadas pinguelas. Os dois extremos estão asfaltados de Porto Velho a Humaitá (200 quilômetros) e do município do Careiro até Manaus (180 Km). O pior trecho é o que liga Humaitá ao Careiro.
A presença humana na parte central da BR é pequena, a floresta está preservada e o trânsito de veículos é quase inexistente. Onças e vários outros animais selvagens são vistos constantemente atravessando a estrada.
A BR-319 corta uma das regiões mais preservadas da Amazônia, entre dois grandes rios, o Madeira e o Purus.

FONTE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Estamos em contagem regressiva, para vermos mais uma aventura emocionante!
Um abraço a todos,
Karla Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Fev 08, 2009 2:36 pm

LOGO DA EXPEDIÇÃO DA TRANSAMAZÔNICA-2009

Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Fev 11, 2009 2:17 pm

Piloto: Sérgio R. Delgado de Holanda e co piloto Marcão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Fev 11, 2009 2:20 pm

Piloto: Eladio Scalamogna e co-piloto Ilama Glenda



Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Fev 11, 2009 2:23 pm

Piloto: Daniel Sérgio Steola e co-piloto Gillermo Loza



Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Fev 11, 2009 2:26 pm

Piloto: Bruno Sander e co-piloto C.T.B. Fernanda Estanislau







Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Fev 11, 2009 2:29 pm

Piloto: Volmir Venson e co-piloto Maria Irene







Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Fev 14, 2009 4:15 am

Começa a aventura!

Nesse momento todos os participantes seguem rumo a Nova Mutum/MT, onde se encontram para iniciar oficialmente, no dia 14 de fevereiro, a expedição Transamazônica 2009.
Sérgio Holanda, organizador da expedição, saindo de Recife em direção a Nova Mutum já traz relatos como está sendo este percurso:
Por Sérgio Holanda:
Primeiro dia (09/02/2009)
Saímos de Recife tarde, cerca de nove da manhã, uma vez que tive de resolver alguns problemas na minha empresa de última hora. Seguimos em direção a Itaberaba – BA, passando por Garanhuns – PE, Paulo Afonso – BA e Feira de Santana – BA, chegando a Itaberaba às 21:00hs. Em todo o trecho de 980 km tivemos apenas 80km de estradas ruins, na saída de Paulo Afonso, além do trecho de grande volume de veículos na BR-116.







Números do dia: 980 km percorridos em 12 horas.
Obs.: Nenhum acidente registrado no caminho

Segundo dia (10/09/2009)

Às 5:00hs partimos em direção a Brasília, tínhamos cerca de 1200 km de estradas pela frente. Paramos as 8:00hs para um cafezinho, depois para uma foto próximo ao Morro do Pai Inácio. Uma parada programada em Luis Eduardo Magalhães para o Marcão, meu co-piloto, colocar o estomago em dia em uma churrascaria e continuamos a viagem.
O trecho está quase perfeito, apenas alguns buracos isolados em pequenas partes do caminho e algumas centenas de km com chuva nos acompanhando, em determinado momento os veículos menores estavam parando no acostamento, devido à intensidade da chuva.
Chegamos a Brasília às 20:00hs (21:00hs local) e fomos recebido pela família do meu amigo Willian, inclusive pernoitando em sua casa.

Números do dia: 1240 km percorridos em 15 horas
Obs.: Uma carreta perdeu o controle em uma descida caiu no barranco, mas nada de grave aconteceu aos ocupantes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Ter Fev 17, 2009 2:55 am

Terceiro dia. (11/02/2009)
Por Sérgio Holanda:
¨Passamos a manhã fazendo um tour pela capital do Brasil, o Marcão não conhecia e fomos mostrar os principais pontos turísticos da cidade. Observamos o cerimonial para o Presidente do Haiti, que em visita ao Brasil foi recebido pelo Presidente Lula. Almoçamos com nossos amigos de Brasília, Toninho, Willian, Rezende e Pequeno em uma churrascaria. Em Brasília encontramos o casal de Luis Eduardo Magalhães, os Verner nos despedimos dos nossos amigos e partimos em direção a Nova Mutum, com uma parada para descanso.¨





Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Ter Fev 17, 2009 3:00 am

Quarto dia. (12/02/2009)
Por Sérgio Holanda:
¨Pernoitamos em Iporã e saímos às 6:30hs em direção a Nova Mutum (cerca de 960km), com previsão de chegada às 17:00hs na casa do nosso amigo Jeison, que em 2008 nos acompanhou na aventura pela transamazônica.
A BR 070 até interceptar a BR 364, está nova e bem conservada, permitindo desenvolver boa velocidade média, mas quando entramos na BR 364 começaram os congestionamentos pela grande quantidade de veículos e principalmente das carretas que puxam os grãos da região.
Na entrada de Cuiabá fomos abordados pelo Sandro de Martino, apresentador do Programa Destaque, da Rede TV do Mato Grosso, mas infelizmente como não iríamos ficar em Cuiabá não tivemos tempo para um release sobre a expedição.
Seguimos para Nova Mutum pela BR 163, em um trecho extremamente perigoso e com muitos acidentes. Inclusive em determinado momento fui jogado por uma carreta que ultrapassava,em cima de uma ponte,na cabeceira da mesma, quase um acidente.
Já em outro trecho, algumas dezenas de quilômetros a frente, uma carreta bi-trem entrou na contramão e bateu em outro bi-trem, jogando-o numa ribanceira de uns 10 metros de altura e vindo de frente a Hilux, desgovernado. Com reflexo puxei para ribanceira, mas fui atingido na lateral e jogado de volta para a pista, ficando entre as duas carretas e quase despencando na ribanceira de uns 10 metros.
Como resultado o carro ficou avariado e perdemos algumas horas. Com programação de chegar a Nova Mutum perto da 18:30hs chegamos às 22:00hs. Felizmente todos bem, traumatizados, mas vivos. Na chegada o nosso amigo Jeison nos esperava com um churrasco de picanha e cerveja, providencial como nunca, precisávamos beber e comer para esquecer aquele episódio terrível.¨











Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Ter Fev 17, 2009 3:07 am

Quinto dia. (13/02/2009)
Por Sérgio Holanda:
¨Acordamos cedo e saímos em busca do vidro da Hilux, desamassar um pouco as portas, pelo menos o suficiente para os vidros correrem e fecharem com firmeza. O restante somente em Recife, pois não atrapalham o andar da expedição. Fizemos uma vistoria completa no carro, dois pivôs dianteiros estourados, não tinham no mercado, mas não impede o deslocamento, no mais o carro está perfeito. O grupo está quase completo, chegando o Daniel e o Guillermo (Nissan Xterra), Bruno, Fernanda e Diogo. (Nissan SEL). O Eladio e Ilana (Hilux) tiveram muitos problemas na travessia pela Bolívia, problemas com estradas fechadas, policia montando e desmontando o veículo em cada barreira e que acarretou um atraso de um dia, devem chegar a Nova Mutum na noite do dia 14, o que retardará nossa partida para o domingo dia 15 e somente na segunda-feira estaremos saindo de Guarantã e entrando na parte Off Road. À noite Nosso amigo Jeison nos proporcionou um grande churrasco de costela com muita cerveja, reunindo o grupo em volta de sua grande churrasqueira e entrando madrugada à dentro com muita diversão e piadas incansáveis sobre gaúchos, nordestinos e argentinos.¨











Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Ter Fev 17, 2009 3:18 am

Sexto dia. (14/02/2009)


Por Sérgio Holanda:
¨A madrugada inteira foi de chuva, amanheceu chovendo muito, ou seja, muita lama e água pela frente. O dia será de arrumação nos carros, tentando tirar peso da Xterra, que está extremamente pesada o que prejudica seu deslocamento nas rieiras (monte de barro deixado no centro de uma trilha causado pela ação dos pneus ao passarem e cavarem seu trajeto), e a pickup do Bruno, que está tendo dificuldades de manter sua carga presa. A Xterra precisou refazer a peça de apoio do rack, que não agüentou o peso e partiu. Peças refeitas fomos almoçar na casa do Jeison, que parece estar querendo engordar o grupo. O Eladio chegou às 15:00hs e agora o grupo está pronto para partir, mas ainda existe o jantar de Pizza que o Jeison providenciou. Passamos a tarde arrumando os carros e a noite fomos agraciados com muitas pizzas e duas grades de Original, ou seja, o Jeison não queria de forma alguma que partissímos. Em determinado momento um grande amigo do Jeison trosse seu Ford 29 com direção inglesa e fez o maior sucesso entre os expedicionários da transamazônica. Um bela noitada providenciado pelo grande amigo Jeison e sua família.¨









Todos os participantes deixam um agradecimento especial ao Jeison e sua familia por ter recebido todos tão bem em sua casa e pela grande ajuda nos preparativos da expedição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
papabeer
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 5610
Idade : 54
Localisation : Luanda - Angola
Data de inscrição : 06/06/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Ter Fev 17, 2009 3:51 am

A aventura parece estar animada.

Uma boa continuação ao grupo.

Um abraço

_________________
faroeste
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/paulo.arroteia
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sex Fev 27, 2009 11:53 pm

15/02/2009
Começa a aventura!

Começa oficialmente a Transamazonica 2009.
Após a reunião de todos participantes em Nova Mutum - MT e finalização de todos os preparativos inicia oficialmente a Transamazônica 2009 - expedição que promete transpor as piores estradas do país, num percurso de mais de 3000 km.
Por Sérgio Holanda:
¨Após uma noite regada a cerveja, vinho (trazido pelo Argentino Eladio) e muitas pizzas, acordamos cedo e nos preparamos para a partida em direção a Guaratã do Norte.
Nos despedimos do grande amigo Jeison e de sua família e tiramos a foto do grupo e dos carros. Estava assim iniciando a Expedição Transamazônica 2009. ¨











O trajeto o Troller do Volmir teve um fusível queimado desligando o climatizador, coisa que ocorreu com a Hilux do Eladio alguns quilômetros à frente.
O deslocamento foi tranqüilo. O movimento das carretas é bem menor nesse trecho e podemos chegar a Guarantã ainda no meio da tarde, após paradas de abastecimento e almoço.

Em Guarantã encontramos o pessoal do Jipe Clube e batemos bons papos sobre Off Road. O Daniel foi providenciar a troca dos pneus e arrumar uma empresa para enviar 3 pneus de volta, uma vez que o peso na Xterra está deixando o vão livre muito baixo e prejudicará seu deslocamentos nas rieiras, enquanto os demais foram para o Hotel do Fred.¨



Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Fev 28, 2009 12:10 am

16/02/2009

O segundo dia iniciou o trecho off-road da expediçao, através da BR 163. Segue abaixo o relato deste dia:
Por Sérgio Holanda:
¨Na manhã do oitavo dia fomos recebidos pela reportagem da TV Record de Guarantã do Norte. Tiramos algumas fotos na frente do Hotel do Fred, que nos recebeu muito bem, o que o tornou o Hotel oficial dos aventureiros que passam pela região.¨


¨Saímos de Guarantã do Norte um pouco tarde, tivemos de aguardar o Daniel despachar por uma transportadora seus três pneus, já que precisávamos baixar o peso da Xterra que estava com seu vão livre muito baixo, inclusive ganhando o apelido carinhoso de Ecosport.









Isso ainda com direito a carreta ¨jacaré¨ atolada e com guincho para poder sair e subir uma ladeira.


No caminho paramos para tirar umas fotos na Cachoeira do Curuá, onde estão sendo construídas três hidroelétricas em suas corredeiras, tiramos algumas fotos.




Seguimos para Castelo dos Sonhos, não seria possível chegar durante o dia ao nosso objetivo e tínhamos de soldar o rack da Xterra, que estava quebrando. Chegando na cidade fomos direto ao Hotel e fizemos nossas reservas, juntamos o grupo e fomos jantar alguns peixes fantásticos da região, confraternizamos um pouco. O Rack da Xterra foi soldado com oxigênio e ficou bom.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Fev 28, 2009 12:22 am

17/02/2009

O terceiro dia continua com os participantes percorrendo a BR-163. Desta vez o trajeto percorrido foi mais longo e devido as más condições da via, foi necessario percorrer um trecho durante a noite. Abaixo o relato do terceiro dia:
Por Sérgio Holanda:
¨Partimos de Novo Castelo às 7:40 hs. 40 minutos atrasados porque o hotel esqueceu de acordar o casal argentino. O deslocamento estava um pouco mais lento, uma vez que a Xterra estava com pneus lameiros com desenho muito agressivo, o que provocava menor dirigibilidade ao veículo. Tivemos algumas paradas, devido à queima do fusível da luz de freio da Xterra, retirada de alguns equipamentos do rack, que está apresentando problemas.

Em uma das paradas o motor de partida da Hilux do Eladio apresentou problema e so pegou no tranco.
Alguns quilômetros a frente (por muita sorte dentro de uma vila) a câmara do pneu da Hilux do Eladio furou. Descobrimos que um fio de aço estava solto internamente embora os quatros pneus fossem novos. Comprados para a aventura observamos que eles estavam com data de fabricação de 2001 e o prazo de validade de pneus é de 5 anos, então o Eladio fora enganado pelo vendedor, que empurrou um produto fora do prazo de validade. Esperamos que os demais não apresentem o mesmo problema.


Resolvido o problema do pneu seguimos viagem em direção a Itaituba, ou até onde fosse possível se deslocar com segurança.
No caminho um bi-trem atolado fez com que perdêssemos algum tempo, mas nos rendeu fotos do sofrimento da população que depende dessa ESTRADA FEDERAL.
Quando fomos partir, minha Hilux não quis pegar. A bateria havia descarregado, pois tinha deixado o som, rádio, faróis e milhas acesos enquanto acompanhava a retirada da carreta, mas nada que uma chupeta feita pelo Troller do Volmir não resolvesse em poucos segundos.


Seguimos viagem, nosso objetivo era chegar o mais próximo de Itaituba, mas a estrada que muitas vezes nos permitia andar a 70km/h, vez outra segurava nossos veículos a menos de 20km/h.

Para piorar (ou melhorar) começou a chover, deixando a estrada completamente escorregadia, principalmente para os pneus de asfalto da minha Hilux (pois ainda não tinha colocado os Cross), para os pneus da Hilux do Eladio e da Xterra do Daniel, uma vez que eram muito duros e de sucos altos e espaçados, reduzindo o contato com o solo e deixando muita instabilidade.

Em uma descida meu carro deslizou, ficou de lado e foi para a rieira. Precisei engatar a ré para sair e continuamos, mas alguns quilômetros depois em uma descida a Hilux do Eladio rodou 180 graus e ficou. Bateu levemente no barranco. Tivemos que empurrar, pois seu motor de partida está apresentando problemas.

Todo o percurso foi em baixo de chuva, hora forte, hora apenas pingando, mas sempre com o barro molhado e escorregadio, o que foi uma prova de fogo para a habilidade de conduzir do Daniel, uma vez que a Xterra ficava o tempo inteiro saindo de traseira devido aos pneus lameiros.
Quase todos os veículos trafegaram com a 4x4 Hi acionada, deixando-os mais seguros e estáveis, apenas um integrante insistia em dirigir em 4x2, segundo informações dele, alegando que queria treinar suas habilidades de condutor. Nessa ocasição O integrante da expedição foi alertado sobre a segurança e de como deveria agir, mas alegou que outros veículos trafegavam na mesma estrada não dispunham de tração e mesmo assim estavam trafegando e que por isso ira fazer o mesmo, esquecendo que estes possuem anos de experiência na região e provavelmente, caso tivessem veículos 4x4, fariam uso da segurança oferecida pelos mesmos.









Neste dia rodamos 420km e chegamos a vila de Caracol às 23:00 hs , pernoitando e se preparando para seguir viagem a Itaituba, onde faríamos algumas revisões nos veículos, como troca de óleo da Hilux, bieleta da Hilux do Eladio e verificação do motor de partida, troca dos pneus do carro de Bruno e da minha Hilux.
O dia foi bem proveitoso, muita paisagem, adrenalina pela noite de chuva que dificultou o deslocamento devido a insegurança do piso molhado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Mar 05, 2009 2:35 pm

Algumas cenas curiosas:


Ônibus com guincho.


Habitantes da região que geralmente atravessam a estrada.


Caminhão com parachoque próprio para enfrentar o "off-road".


Bi-trem esquecido no meio da via.

Mais registros fotográficos do dia:















Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Mar 05, 2009 2:39 pm

18/02/2009


O quarto dia os expedicionários rodaram pouco para terem tempo de revisar e sanar todos problemas apresentados nos veículos. Abaixo o relato do quarto dia:
Por Sérgio Holanda:
¨Saímos de Caracol às 8:23 hs, atrasados, pois a Hilux do Eladio deu entrada de ar - a vibração de seus pneus altos e feixes de molas nos dois eixos folgou a tampa da bomba injetora e entrou ar no sistema -.
A bomba manual tambem estava com sujeira e não funcionava perfeitamente. Desmontei a bomba, limpei e depois fui extrair o ar dos bico. Além disso o motor de partida estava apresentando defeito e puxamos alguns metros para fazer o motor funcionar.

Pegamos uma boa estrada até Itaituba, cerca 133 km, chegamos às 12:00 hs em ponto e fomos providenciar o Hotel, o mesmo que fiquei ano passado com o grupo, Hotel Apiacás.

Após darmos entrada no Hotel o grupo se dividiu e cada um foi cuidar de seus afazeres. Deixar seus veículos prontos para o próximo dia.
O Bruno foi trocar os pneus. Levei o Eladio para uma oficina. O problema no motor de partida era aterramento. Colocamos um cabo novo e apertamos a bomba injetora. Na minha Hilux fui trocar os pneus, colocar os cross, trocar o óleo e filtro do motor.
No final do dia todos na internet, afinal foram quase quatro dias sem net para atualizar os e.mails e o site. Até o presente momento a Hilux rodou 4.981km, desde que saiu de Recife dia 09 de Fevereiro.¨


Mais registros fotográficos do dia:















Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qui Mar 05, 2009 2:52 pm

19/02/2009

O quinto dia foi o inicio do trecho menos movimentado da Transamazonica, que inclusive passa através do Parque Nacional da Amazônia.
Abaixo o relato do quinto dia da expedição.
Por Sérgio Holanda:
¨Saímos de Itaituba às 7:40hs em direção a Jacareacanga. Sol a pico, estrada seca, para o desespero de alguns expedicionários do grupo, um alivio para o Daniel, que com seus pneus tratorados não conseguia manter o carro em linha reta.

Alivio também para Marcão e Eu, que sabíamos o que acontece quando chove pesado nessa região, com muitas serras para subir e descer, estas ficam impossíveis de serem vencidas com chuva. Sem contar com as enxurradas que abrem crateras na estrada, além das arvores que caem no meio da via.









No caminho de Jacaré, como é conhecida a cidadezinha na região, paramos em um parque nacional e tiramos algumas fotos, inclusive de pegadas de onça na estrada.

No km 185 às 12:30 hs paramos para almoçarmos e observarmos o aeroporto do garimpo funcionando.

Almoçamos, pegamos a estrada, muito calor, sol ainda forte, poeirão, algumas paradas no caminho para fotos e chegamos à entrada de Jacaré.
Fomos abordados pela Policia do Pará para vistoria dos veículos, uma vez que o trafico de drogas na região está em ascensão. Tudo ok e fomos para o hotelzinho do Cearense, mesmo que ficamos ano passado.

Outra parte para o Hotel de uma Senhora muito simpática, bem mais organizado, porém com poucos quartos disponiveis. Estava terminada a primeira etapa da BR 230 Transamazônica.¨
Mais registros fotográficos do dia:
Esse trecho reserva imagens belíssimas da mata preservada. Animais selvagens são vistos a todo momento. Ainda ha a possibilidade de parada em algum dos pontos de apoio do parque para conhecer um pouco mais de toda riqueza da floresta.
Felizmente (ou infelizmente) devido as condições do tempo, a expedição não teve maiores dificuldades nesse trecho. Contudo isso a ajudou a conhecer este que é um dos trechos mais belos da transamazônica.















Voltar ao Topo Ir em baixo
senhor_vx
OffRoad
OffRoad


Número de Mensagens : 22
Idade : 41
Data de inscrição : 11/04/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Mar 07, 2009 8:17 am

Magnifico relato, obrigado por pela partilha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
papabeer
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 5610
Idade : 54
Localisation : Luanda - Angola
Data de inscrição : 06/06/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Mar 07, 2009 11:45 am

Deve ser muito curtido fazer esta viagem.

_________________
faroeste
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/paulo.arroteia
loucao_jr
OffRoad 1 estrela
OffRoad 1 estrela
avatar

Número de Mensagens : 59
Idade : 35
Data de inscrição : 12/07/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Qua Mar 11, 2009 1:28 pm

Muito bom! Fotos/relatos magnificos!

Sem duvida um dos meus sonhos.. Obrigado pela partilha!

@braços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Mar 14, 2009 10:25 am

Amigos forumeiros,

Peço desculpas pela minha ausência e de não ter continuado a postar durante esses dias, mas eu viajei a trabalho, para fazer um curso (muito cansativo, por sinal), estava no interior do estado e lá, a conexão à net estava péssima, caindo toda hora.
Agora que estou de volta, é só o tempo de desfazer a mala, descansar, que continuarei a postar.

Um abraço a todos,
Karla mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Seg Mar 16, 2009 6:31 am

20/02/2009





O sexto dia também foi percorrido sem grandes dificuldades. Em conversa
com moradores da região, foi informado aos expedicionários sobre a reforma
recente da estrada. E como tem chuvido pouco na região, as condições ainda
estão
favoráveis
ao tráfego.

Abaixo o relato do sétimo dia da expedição.

Sexto dia Por Sérgio Holanda:

¨Saímos de Jacareacanga às 8:30 em direção
a Humaitá ou onde fosse possível chegar antes de anoitecer
e montarmos nosso primeiro acampamento.

No trajeto fomos agraciados com
muita chuva, fina, mas que manteve a temperatura bem amena (diferente
do dia anterior que ficou na casa dos 40 graus, mesmo com ar-condicionado)
melhor para o para o Eladio, que estava com problemas no ar-condicionado
de sua Toyota Hilux 1994.




Diferente do ano passado, quando entramos no
estado
do amazonas nos deparamos com uma estrada nova - a empresa de manutenção
está refazendo todo o trecho até Humaitá - então
foi possível desenvolver médias de 60km/h (não
pudemos ir mais rápidos devido aos pneus as Xterra, que ficam
extremamente instáveis acima de 70km/h, além de que
a maior parte da estrada estava molhada pela chuva.)

A grande atração do dia pro grupo
foi a balsa que atravessa o Rio Sucunduri, que é movimentada
de um lado para o outro por uma canoa com um motor de 25Hp, só vendo
pra crer!




Tivemos um pequeno desafio, uma vala com água corrente
se abriu na estrada logo após a balsa, mas com nossos veículos
foi fácil passar pela vala.





A cerca de 60km de Apuí andando
a 80km/h entrei em uma vala e o carro decolou, tirando as quatro rodas
do chão e assustando o Argentino Eladio, que vinha logo atrás.
Voaram varias coisas da caçamba, mesmo as amarradas, e perdi
um botijão de água, que rompeu.

Passado o susto verificamos
que o carro estava perfeito, ainda rodando com os pivôs estourados
do acidente com a Carreta em Nova Mutum. Parabéns para a
IRONMAN com sua suspensão completa, amortecedores
foam cell e feixes e barras de torção performance estão
sendo altamente exigidos nesta expedição, sendo pelo
peso como também
pelo uso extremo em buracos e erosões, uma vez que a Hilux é o
veículo guia da expedição, estando sujeito assim
a todas as intempéries do percurso e evitando que os demais
sejam pegos de surpresa.



Iríamos para em Apuí para almoçarmos, primeiramente
pelo fantástico almoço servido no Restaurante da
Mama
e depois
para nos abastecermos de gelo e combustível para nosso
primeiro acampamento, além do grupo conhecer uma bela e organizada
cidade no meio do amazonas, fora do padrão das cidades dessa região.

Por ser uma cidade longe dos rios grandes é desprovida de população
indígena e caboclos, dessa forma a região próxima
a Apuí fora colonizada por desbravadores vindo do Sul do Brasil,
mais precisamente do Paraná.
Ao abastecer os veículos, o
Prefeito de Apuí nos abordou e convidou o grupo a conhecer a cidade
e estendeu o convite a pernoitarmos e apreciarmos o carnaval da cidade,
bem como no dia posterior algumas belezas naturais.

O grupo resolveu aceitar
o convite e ficamos em Apuí. O integrante do grupo, Bruno, que é médico
e pleiteou junto a alguns laboratórios farmacêuticos doações
de amostras grátis de remédios que não são
distribuídos pelo SUS e aproveitando a estrutura da Expedição
Transamazônica 2009 e os locais por ela percorrida doou junto a
Prefeitura e a Secretaria de Saúde de Apuí alguns medicamentos
e deixando outros para doar no percurso da BR319¨


.

Deixamos nosso agradecimento especial ao prefeito Antonio
Marcos Maciel Fernandes
pela atenção
que teve com todos do grupo.


Ao contrário de algumas outras cidades
da região, ao chegarmos em Apuí, encontramos uma cidade limpa e organizada,
com boa estrutura e várias belezas naturais. Sem dúvida um lugar que
merece uma visita mais demorada.

Jericos:

Jerico é um “veículo caseiro” construído à base
de peças de todos os tipos de carros, caminhões ou camionetes,
com motores de todos os tipos, quase sempre geradores elétricos
de pequeno porte. Na maioria das vezes, não tem muito mais do que
o necessário para o transporte (chassi, motor, rodas e carroceria).
Caracterizam-se por não possuírem, na maioria das vezes,
pára-lamas, pára-choques, pára-brisas, cabine, cinto
de segurança e às vezes, nem mesmo assento.

























Mais registros fotográficos do dia:



































Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Seg Mar 16, 2009 6:51 am

21/02/2009




O sétimo dia foi marcado pela chuva que caía em quantidade considerável
na região. Isto trouxe mais emoção a aventura
e aos participantes que esperavam ansiosamente por trechos mais difíceis
de transpor.

Este dia
também foi marcado
por
travessias
de balsas
e do trecho onde é cobrado um "pedágio" pelos indios da região. Além
da enorme cratera que a cada chuva engole mais e mais a estrada.

No final do dia, já na parte da noite, o que todos esperavam - o atoleiro!
Abaixo o relato do sétimo dia da expedição.

Sétimo dia por Sérgio Holanda:
"Saímos de Apuí às 8:00h, debaixo de chuva
(o que mais uma vez deixou um pouco apreensivo o Daniel, com sua Xterra).
Contudo
conseguimos uma boa média de velocidade, o que fez com que chegássemos
em Humaitá às 21:00h.





No percurso muitas paisagens belas e
por vezes bucólicas. No trajeto passamos pelo trecho onde
uma enorme cratera quase engole a estrada a cada chuva.




Passamos também pela reserva indígena
e pagamos R$ 20,00 pela passagem, pelo menos o valor não subiu
desde ano passado e passamos por uma balsa que substitui uma ponte que
caiu nas
chuvas de Janeiro.



Detalhe da balsa que esta utiliza tão somente a força
manual para ir de um lado a outro do rio.



Apesar da chuva e lama abundante, alguns integrantes do comboio rezavam
insistentemente por atoleiros.





4 km de Humaitá eles tiveram
a oportunidade de usar realmente seus veículos 4x4. Um atoleiro
nível
médio
e muita lama que tirava os veículos do seu rumo, exigindo muita
atenção e baixa velocidade, isso tudo a noite, o que deixou
o pessoal com adrenalina e muita satisfação.





O atoleiro foi
o teste real do pneu da Xterra, mostrou que realmente é feito pra
lama, além de ser o batismo do Daniel na lama e um belo desempenho
tanto do Daniel como da Xterra, palmas pro pessoal do off Road Maranhense.

Fomos para o Hotel e logo depois chegaram os integrantes do Jipe Clube
de Manaus, e em conversa com o grupo e com o Herbert, descobrimos que
a estrada está em condições de tráfego,
para nossa satisfação!!!
Mas existem dois atoleiros grandes, já a 190km de Manaus, mas
realmente o que é fantástico nessa travessia são
as paisagens e as mais de 130 pontes de madeira no caminho."







Mais registros fotográficos do dia:















Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Seg Mar 16, 2009 7:50 am

22/02/2009




O oitavo dia inicia o trecho mais esperado por todos os aventureiros,
percorrer a abandonada BR-319.

Mesmo tendo rodado apenas um pequeno
trecho, os participantes já tiveram uma idéia do que os esperam de agora
em diante.

Abaixo o relato do oitavo dia da expedição. Oitavo dia por Sérgio Holanda:
"Cedo conversamos com o pessoal do Jipe Clube de Manaus, durante
café da
manhã no Hotel, que partiram logo depois em direção
a Santarém.

Como não iríamos sair cedo, pois o plano era
almoçar em grupo em uma churrascaria e nos despedirmos dos argentinos
Eladio e Glenda, cada um foi cuidar de seu veículo, uns lavando,
outros arrumando.

Após abastecimento todos seguiram para a churrascaria,
comemoramos o termino da segunda etapa da Transamazônica 2009.
Fizemos uma pequena confraternização para a despedida
dos nossos amigos argentinos, um pouco emotivo sim, pois nesses dias
juntos passamos
a admirar o Eladio e a Glenda pelas figuras carismáticas e simples,
principalmente o Eladio que tem mais de brasileiro no jeito de ser do
que argentino. Quem sabe um futuro habitante do litoral nordestino,
como bem
disse.



Partimos de Humaitá mais de 15:00hs. Interessante que dois rapazes
em uma BMW e um Palio (ambos rebaixados), pediram para nos seguir até Manaus,
algo que foi negado prontamente, uma vez que aqueles veículos não
poderiam nunca chegar a Manaus nessa época do ano (ainda que
o batalhão
de engenharia tivesse ajeitado quase todo o trajeto, mas com as chuvas
diárias,
para veículos não traçados e principalmente baixos,
seria inviável). Foram desencorajados a fazer essa loucura.



Cerca
de cinco da tarde, após alguns trechos com muita chuva, bastante
lama e estrada regular já tínhamos rodado perto de 130 km.





A quase 2 km
da terceira torre da Embratel
nos
deparamos com
lindo sítio na beira da estrada, riacho, lagoa e um belo alpendre.

Batemos e um Sr. chamado Francisco, cearense de fortaleza e que prefere
ser chamado de Chicão, nos recebeu e cedeu o alpendre para quem
quisesse estender suas redes e o jardim para os que iriam acampar.



Volmir e a Irene armaram sua barraca de teto, Bruno, Fernanda
e Diogo sua cabana e os demais suas redes no alpendre.



Eu, Marcão,
Daniel e Bruno fomos tomar um banho a noite no riacho, algumas quedas no
barro molhado e uma água quente e refrescante.

Fizemos uma fogueira,
uma roda; cerveja, vinho, azeitona, queijo, sardinha, lingüiça
e outros tira-gostos. Conversa fora, muita animação e
derrepente um estouro vindo da direção do carro do Daniel. Fomos procurar
o que aconteceu e nos deparamos com a barra de torção
da Xterra partida!!!



Como era noite, não adiantava nada mexer
aquilo. O Daniel ficou preocupado, mas fomos beber mais um pouco e
conversar.
Começava a esfriar cada um foi pro seu canto, eu, Marcão
e Daniel ficamos ainda um pouco tirando brincadeiras com os demais, como
as nossas redes estavam interligadas pela mesma corda todos caíram
no chão em algum momento, muita risada.



Fomos dormir e quando estávamos
no melhor dos sonos cai uma tempestade, precisamos realocar as redes
e colocar uma lona, trabalho feito, lá fora Bruno e seus amigos
sofriam com goteiras em sua barraca. De madrugada escutamos um latido forte,
um
latido alto do cachorro, um barulho de animal grande, silencio total!!!
Será que foi uma onça???"






Mais registros fotográficos do dia:
















Este fruto chama-se buriti

Voltar ao Topo Ir em baixo
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Seg Mar 16, 2009 7:57 am

23/02/2009




Nono dia de expedição, dia de muito trabalho para deixar a Xterra novamente
em condições de seguir viagem.

Esse contratempo deve atrasar a expedição de 1 a 2 dias - prazo necessário
para encontrar a peça avariada, trazê-la ao local de acampamento, efetuar
a troca e seguir viagem -.

Em quanto isso, a chuva só aumenta no local
onde os participantes estão acampados.

Abaixo o relato do nono dia da expedição.

Nono dia por Sérgio Holanda:

"Às quatro da manhã o galo começou a cantar
acordando os mais matineiros. Os demais dormiam profundamente.

Sem perder tempo
levantamos a Xterra com o Hi-Lift e comecei a desmontar a barra de torção.



Retiramos todos os equipamentos da Hilux, para aliviar o peso, deixamos
poucas bagagens e as rodas de asfalto e seguimos eu e o Daniel
para Humaitá.

Cerca de 50 km de Humaitá tivemos a honra de encontrar com os
Lameiros do Sul, equipe de gaúchos de Porto Alegre que estão
fazendo o mesmo trajeto do nosso grupo até Manaus e em plena BR319
comemoramos o encontro com champanhe e algumas taças de brinde.



Trocamos fotos, e “experiências”. Foi um grande encontro
de amigos que conheço a algum tempo através da internet
e que tivemos a primeira oportunidade de estarmos pessoalmente juntos.
Em particular os
amigos Luis, Soldan, Luciano, Clodio e demais Lameiros do Sul. Ficamos
cerca de uma hora e meia com o grupo e seguimos para Humaitá



Antes de encontrarmos os Lameiros, nos deparamos com uma BMW atolada
(logo no início da BR- 319) e caída em uma rieira. Sim, eram àqueles
caras da churrascaria que resolveram seguir, mesmo sendo alertados a não
fazê-lo.

Puxei a BMW até um
local seguro e ainda deixamos água e comida, pois não tinham
nada, e o Palio tinha voltado para buscar ajuda. Uma grande irresponsabilidade!!!
Até porque tinha uma criança pequena.




Chegando a Humaitá entrei em contato com meu amigo João
Lucena
em Porto Velho e pedi para que procurasse a peça.

Trocamos os pneus de lama, pois seriam 400 km ida e volta em asfalto
e
com os pneus
cross ficaríamos limitados a 80km/h.

Seguimos para Porto Velho e
após atravessarmos na balsa o João Lucena nos
esperava já com
a peça reservada em uma oficina.

Na oficina verificamos a peça,
Daniel pagou e seguimos para um Hotel, uma vez que já era tarde
e a estrada, segundo o João Lucena, é muito perigosa de
se andar a noite.

A noite jantamos com nosso amigo e nos preparamos para
no
dia seguinte retornar ao acampamento, perfazendo um total de 700 km
a mais do que foi projetado em nosso roteiro."

Neste dia deixamos um agradecimento especial ao João
Lucena, que além
de toda sua prestabilidade foi essencial para o sucesso de nossa busca
a peça da Xterra.


Voltar ao Topo Ir em baixo
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 2:50 am

Agradeço a Amiga Karla pelas atualizações, por toda força que ela tem dado ao nosso projeto.

Grande abraço Karla.

E agradeço a todo que acompanharam a aventura e espero ter algum membro do Angola Off Road em 2010...

Abraços,

Sérjão
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 2:52 am

Continuando...
Décimo dia por Sérgio Holanda:

"Dormimos em Porto Velho, eu e o Daniel. Pela manhã fomos até uma auto-peças e aproveitei para comprar os pivôs da Hilux, danificados no acidente e em alguns vôos pelas estradas de buraco (assim que tivesse tempo trocaria).
Com os pivôs e com a barra de torção seguimos para Humaitá, para trocar os pneus e seguir até a fazenda do Chicão.
Muita chuva no caminho até Humaitá. Dos 200 km que separa Porto Velho de Humaitá cerca de 40 km são de buraqueiras e debaixo de muita chuva pior ainda, o que nos fez chegar a Humaitá perto de meio-dia.
Trocado os pneus de asfalto e abastecido, fomos almoçar na churrascaria do posto, afinal tínhamos 140 km pela frente de buracos até chegar ao grupo.
Partimos de Humaitá de baixo de muita chuva e cerca de 17:00hs estávamos chegando até o acampamento, na fazenda do Chicão. O pessoal já estava um pouco apreensivo, pois não tinham notícias desde a manhã anterior - embora soubessem que tínhamos chegado a Humaitá, uma vez que os Lameiros do Sul pararam para conversar com o grupo-.
Ao entrarmos na fazenda fui informado que o Bruno havia partido junto com os ocupantes do seu veículo em direção a próxima torrer.
De baixo de muita chuva fomos dormir cedo, afinal no próximo dia teríamos de consertar a Xterra e partir para Manaus. Uma péssima noite de sono, chuva sem vento e muito abafado.
Durante o período de nossa ausência o grupo se divertiu bastante com pesca e muita conversa. Comeram muita carne de caça oferecida pelos amigos do Chicão, que passavam pela frente de sua casa, viam o movimento e chegavam para alguns dedos de prosa e ver os carros."

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 2:58 am

No décimo primeiro dia o grupo efetua o reparo da Xterra e retoma o deslocamento pela BR-319, que de baixo de chuva, é feito com dificuldade.
Abaixo o relato do décimo primeiro dia da expedição.
Décimo primeiro dia por Sérgio Holanda:
"Assim que amanheceu o dia começamos a arrumar os veículos para partir. O Marcão foi colocar de volta na Hilux nossas tralhas e eu fui pra de baixo da Nissan recolocar a barra de torção e tentar conseguir a melhor regulagem possível com o “olhometro” (e com uma trena) para que pelo menos ela pudesse chegar até Manaus.


Após algum tempo estávamos prontos pra partir. Xterra consertada e nos despedimos do Chicão, que ficou emocionado, uma vez que ter visitantes por três dias e uma companhia regada a cachaça e muita conversa, não é sempre em uma região como essa.

Mais uma vez estávamos na estrada, muito molhada pela chuvada da noite e começando a chover novamente. A trégua da chuva foi o tempo de arrumar a Xterra e nosso veículos para partimos.
Seguimos pela estrada esburacada, nenhum atoleiro, apenas buracos grandes e que fazia com que andássemos em primeira e segunda marcha quase o tempo todo.




Após alguns quilômetros encontramos uma turma da Embratel e nos disseram que o Bruno, Fernanda e Diogo, haviam dormido com eles na torre numero seis e que estariam esperando por nós.

Meia hora depois estávamos passando em frente a torre em que o trio dormira. Eles se juntaram ao comboio e seguimos

Continuamos até anoitecer e paramos na torre numero oito para pernoitar. A torre estava com o cadeado quebrado. Entramos e na saída colocamos outro cadeado novo com as chaves amarrada.

Montamos o acampamento, fizemos o jantar. Um bom banho de água de cisterna a noite, para apaziguar o calor forte, mesmo sendo noite.
Eu e o Daniel montamos nossas redes de uma arvore para os carros, noite estrelada, mas o tempo fechou e quando estávamos no melhor dos sonos à chuva começou a cair. Resultado: dormimos dentro do carro. Os demais estavam acampados, menos o Marcão que já estava dormindo na Hilux."

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 3:01 am

Décimo segundo dia por Sérgio Holanda:
"Partimos da torre as 6:00hs. Eu já estava de pé desde às 4:30hs. Não conseguira dormir e louco para partir.
Poucos quilômetros a frente uma ponte desmontada e o grupo só esperando um cafezinho para poder colocar as travessas e podermos partir.

Meia-hora depois atravessamos a ponte e seguimos viagem. Muita buraqueira, velocidade baixa, primeira e segunda marchas por centenas de quilômetros; o grupo já estava cansado e estressado daquela estrada, até chegarmos à balsa de Igapó-Açu.
Lá tomei um banho de rio junto com os botos, somente eu e o Diogo entramos na água fria. Os demais ficaram tirando foto dos botos.


Ficamos cerca de meia-hora e as noticias que tínhamos é que duas pontes haviam caído e que teríamos muitos atoleiros pela frente, ótima noticia!!! Afinal estávamos naquela estrada a dias e nada de atoleiros, seria o fechamento com chave de ouro!!!

Pegamos os carros e colocamos na balsa. Nesse momento um rapaz pediu carona. Como só tínhamos espaço em cima das coisas da caçamba da Hilux e ele precisava chegar até Careiros, deixei subir na caçamba.

Seguimos pela estrada e alguns quilômetros a frente, uma Van Toyota parada no acostamento com placa estrangeira. A curiosidade me fez parar e um senhor barbudo veio ao nosso encontro. Ele disse que o veículo não queria pegar. Fui verificar o problema e era o motor de partida preso. Após puxar, o veículo voltou a funcionar normalmente.

O Frances (esta era a nacionalidade do senhor) está viajando pelo mundo nesta Van e aproveitou nossa passada e seguiu - fato crucial para que pudesse passar nos atoleiros a frente-. Entretanto, mesmo sendo uma Van diesel e 4x4 não dispunha de altura e pneus bons para os atoleiros que viriam a seguir.

O grupo começou a dizer pelo rádio que eu adotara o Frances, somente para por meu Frances em dia, mas o fato é que o objetivo de chegar a Manaus no fim do dia foi pro espaço...
Realmente aquele trecho guardava muitos atoleiros e foi um dos mais duros da expedição. Entretando devido ao preparo do grupo tudo foi vencido sem maiores dificuldades.



Quanto ao Frances, até que dirigia muito bem, ou era um louco mesmo, pois em muitos lugares passou com maestria em outros quase despenca barranco a baixo. Em alguns momentos somente puxando com a Hilux conseguia passar nos atoleiros.

Até que a última atolada nem guincho conseguiu retirar a Van.

Na verdade se forçasse iria estragar o veículo, mas nessa hora chegou o grupo de manutenção da estrada - o Batalhão de Engenharia - e deixamos o Frances com eles, uma vez que o mesmo disse que iria dormir no acampamento do Batalhão. Nos despedimos do Frances e seguimos para Careiros, pois não teríamos mais tempo de chegar a Manaus.

Chegamos a Careiros a noite e fomos pra um hotel (mesmo que fiquei ano passado). Nada de luxo mas pra dormir muito bom, afinal quem passara a noite dentro de um carro nada melhor que uma cama e um ar-condicionado."
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 3:03 am

Décimo terceiro dia por Sérgio Holanda:

Despedimos-nos dos Lameiros do Sul no café da manhã, pois no final da manhã eles já embarcariam de volta a Porto Alegre.
O Bruno foi trocar os pneus e as pastilhas de freio. Aproveitei para trocar os pneus da Hilux e os pivôs.
À tarde fomos levar a Xterra do Daniel pra transportadora e o Guillermo seguiu para Rio de Janeiro de avião. Os demais passaram o dia passeando por Manaus e conhecendo a cidade.
Décimo quarto dia por Sérgio Holanda:
As sete da manhã estávamos reunidos no café da manhã decidindo o que iríamos fazer, menos o Bruno e seus companheiros, Diogo e Fernanda.
No final da manhã o Ricardo Nogueira, do Amazonas Jipe Clube esteve no Hotel e nos levou para comer uma peixada em um restaurante simples, mas com o tempero de primeira.

Bruno e seus companheiros resolveram retornar pela BR319, seguindo até Humaitá. Segundo o Bruno a Fernanda não gosta muito de balsa/barco e como a estrada está com poucos atoleiros e estes sem problemas para nossos carros, resolveu retornar por ela, saindo às 13:00hs em direção a Humaitá. Aconselhamos a não fazer essa travessia só, uma vez que algum problema no veículo ocasionaria problema em conseguir socorro. Agora é torcer para que tudo dê certo e que cheguem bem em Belo Horizonte.
Retornamos do restaurante e fomos para a piscina do hotel, amanhã se tudo der certo partiremos de Manaus."
O décimo quarto dia marca o fim da rota oficial da Transamazônica 2009 - Nova Mutum/MT a Manaus/AM. O percurso total deste ano ultrapassou os 3000 km, feito a todo momento em estradas de chão em péssimo estado.
Devido a expedição ter transcorrido no prazo esperado, os participantes Sérgio Holanda e Volmir Venson decidiram extender o percurso, seguindo de Santarém até Marabá.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 3:03 am

Décimo quinto dia por Sérgio Holanda:

"Na parte da manhã fui verificar as balsas. Decidimos ir para Santarém, tinha uma balsa saindo à noite, tudo certo, no final do dia fomos até a balsa, na verdade um cocho de transportar bois, uma balsa boiadeira e um pequeno rebocador, ou seja, sem a menor condição de irmos juntos, embora a pessoa que vendeu a passagem da balsa tenha informado que teria espaço, mera enganação, chamei de volta e exigi, juntamente com o Marcão e Volmir que nos pagasse um barco para Santarém, coisa que foi feita sem problema. Saímos da balsa cerca de 1 hora da manhã, pois foi complicado carregar os veículos, a balsa estava levando 12 veículos. Seguimos para o barco Karolina do Norte, onde pernoitamos. Por volta das 14:00 hs partimos de Manaus, com previsão de chegar em Santarém as 13:00 hs do dia posterior, uma vez que o Karolina é um barco bem veloz e não transporta carga, apenas passageiros. O dia foi tranqüilo, levamos bebidas e alguns tira-gostos e passamos o dia curtindo as paisagens, até que pegamos uma pequena tempestade e nos entocamos em nossas cabines. Aproveitei para assistir um filme no notebook e os demais foram tirar um cochilo. "
Décimo sexto dia por Sérgio Holanda:
"Com programação de chega às 13:00 hs em Santarém, nosso barco foi vistoriado pela Policia Federal na cidade de Obidus, cujo nome lembra óbitos e que possui um delegado de nome Henrique Boa Morte, bem sugestivo!!! Na cidade o barco foi vistoriado por vários agentes da PF, pois segundo um dos policiais havia uma suspeita de trafico de drogas, suspeita que não confirmada, mas um dos passageiros estava irregular, era Peruano e não possuía o documento de entrada no Brasil, documento providenciado em Obidus, mas nos custou um bom tempo. Chegamos a Santarém cerca de 16:00hs e ligamos para a empresa que estava transportando nossos veículos, a Hilux e o Troller, e ficamos sabendo que chegariam às 2:00 hs da manhã, então fomos para Alter do Chão, além de relembrarmos a bela cidade, visitada por mim e Marcão duas vezes em 2008 o casal, Volmir e Irene não conheciam e valia a pena estar em local tão belo. Em Alter fomos comer um belo e “simpático” Tambaqui, e tomarmos algumas cervejas. Nesse meio tempo o Bruno nos telefonou, vínhamos desde Manaus ligando para saber do paradeiro deles e nos informou que estavam chegando a Humaitá, isso era umas oito da noite. Segundo Bruno a Nissan teve problemas no alternador, que foi desmontado e limpo, mas como a bateria estava zerada não puderam sair, foram 24 horas aguardando passar algum veículo para poder fazer a Nissan funcionar, uma pick-up da Embratel resgatou o grupo, fazendo uma chupeta. Durante o trajeto o ar condicionado da Nissan parou de funcionar e segundo o Bruno iriam puxar até Porto Velho. É importante ressaltar, o Bruno fora avisado, de que esse trajeto sozinho poderia ser problemático, não pela questão off Road, uma vez que os nossos veículos estavam bem preparados, mas que problemas como o que ocorreu poderiam ser perigosos. Imaginem se o pessoal da Embratel não fosse passar por lá essa semana???"
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
papabeer
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 5610
Idade : 54
Localisation : Luanda - Angola
Data de inscrição : 06/06/2007

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 3:56 am

Os meus parabens pela espectacular viagem que eh digna de ser feita por qualquer amante do Todo o Terreno.

Os meus parabens também ah Karla pelas informações, da proxima vez teem de arranjar um espaço para a karla fazer a viagem e relatar tudo em cima do acontecimento.

Os videos também estão espectaculares.

Um abraço

_________________
faroeste
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/paulo.arroteia
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 4:43 am

Grande Papabeer,

Fico aguardando a participação do amigos Angolanos na avenutra de 2010. Sim, como disses "eh digna de ser feita por qualquer amante do Todo Terreno."

A Karla tem de se proramar para Março/Abril de 2010, que com certeza terá lugar nessa aventura!!!!

Os vídeos estão sendo preparados, acredito que até segunda termino mais um ou dois, o problema é tempo!!! Afinal tenho de colocar tudo em dias...

Grande abraço do Brasil,

Sérjão
papabeer escreveu:
Os meus parabens pela espectacular viagem que eh digna de ser feita por qualquer amante do Todo o Terreno.

Os meus parabens também ah Karla pelas informações, da proxima vez teem de arranjar um espaço para a karla fazer a viagem e relatar tudo em cima do acontecimento.

Os videos também estão espectaculares.

Um abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 4:44 am



Décimo sétimo dia por Sérgio Holanda:
"Às 6:30 hs pegamos um ônibus para Santarém, não tinha taxista acordado essa hora e o preço da passagem era bem convidativo, além de ser confortável e seguro. Chegando em Santarém pegamos um taxi pro porto onde seria desembarcado nossos veículos e constatei que minha Hilux estava com os as duas coifas da homocinética rasgada e resolvi ir a uma oficina para fazer o serviço. Procurei a oficina que ano passado havia cuidado de nossos veículos, mas a mesma havia se mudado para Belém, segundo informação do lojista que estava utilizando o prédio que pertenceu à oficina. Indicaram-me outra oficina e fui fazer o serviço, que devido ao tempo para realização nos fez sair muito tarde de Santarém em direção a Uruará, cerca de 230 km pela Trans-Uruará.
Saímos de Santarém às 14:30hs, debaixo de muita chuva, chovia desde a noite anterior, rodamos cerca de 80 km em asfalto, restando assim 150 km de estrada de chão até Uruará. A Trans-Uruará, segundo informações estava perfeita, haviam passado a maquina em toda sua extensão, então decide ir com os pneus ATs mesmo, e já no primeiro atoleiro de areião, em uma subida a Hilux ficou, verifiquei que a roda livre, que havia sido desmontada na troca da coifa, do lado direito não estava acionando, ou seja, a Hilux estava 4x2, puxamos pra trás com o Troller do Volmir, que seria o responsável pelo resgate da Hilux outras vezes durante a travessia.
Peguei embalo e passei de 4x2 rasgando, cheguei a um local melhor e debaixo de uma chuva fina desmontei a rodal livre e coloquei ela certa. Seguimos viagem, só que agora escutava um estalo na homocinética esquerda e o estalo aumentando, desliguei a roda livre esquerda e parou, segui assim a maior parte do tempo nos areiões, andando de 4x2 e pé no porão.
Alguns quilômetros a frente começou o trecho de barro escorregadiço, acionei a 4x4 e a roda livre, já que estava com pneus ATs e o carro saia de banda o tempo todo, segurando apenas no braço, no primeiro atoleiro pesado a Hilux entrou a não saiu, um estalo forte e a tração dianteira foi pro saco, agora era fazer a Trans-Uruará de baixo de chuva com muitos atoleiros de 4x2 e por enquanto na teimosia de usar pneus ATs.
Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior

O Troller puxou a Hilux, que não estava atolada, mas não sai do lugar, lama lisa, tração 4x2 e pneus inapropriados, nessa hora vimos o quanto é bom o modelo MUD que o Troller estava usando, ideal para a lama fina e molhada. Retiramos a Hilux e pelejei por diversos atoleiros com ela, só braço, mas de vez enquando ficava sem se mover, completamente solta, mas a lama era um sabão e com aqueles pneus e sem 4x4 era impossível de andar. Em alguns momentos em piso nivelado e em uma reta a Hilux só conseguia sair em segunda ou terceira marcha com mais de 3 mil giros no motor, pois ai limpava um pouco os pneus e começava a se deslocar!!! Bom, após umas 6 ou 7 puxadas do Troller para poder sair de alguma situação, a Hilux já ficava com a cinta de resgate na frente, e em alguns atoleiros já passávamos engatados. Nessa hora vimos o quanto é forte o conjunto do Jipinho, além dos pneus idéias pro tipo de terreno, o LSD em funcionamento e o grande braço do piloto Volmir, com pelo menos uns 40 anos de experiência em direção.

Após rodamos um bom tempo, mas faltando ainda cerca de 95 km para Uruará, encontramos um motorista com o caminhão atolado, entre vários na estrada, este em particular a 5 dias atolado e demos uma carona e ele e seus dois colegas até uma vila a 15 km depois, isso a noite, mais uma vez a Hilux servindo de lotação, mas certamente aqueles companheiros de estradas ficaram agradecidos após tantos dias no mato.
Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior

Após a vila, a primeira ladeira, esta mista de barro e areia, enchi o motor a Hilux e subi os primeiros ¾ da ladeira como um louco, segurando no braço o carro e evitando cair na ribanceira de uns 10 metros de altura ou bater no paredão. Fiquei a poucos metros do final, o Volmir voltou a colocamos a corda, mas antes dele puxar resolvi engatar a reduzida, somente em 4x2 e sai sozinho, mas o susto foi grande. Como já era noite decidi que não seguiria mais com aquela loucura de pneus ATs, foi divertido, mas muito estressante e como iria iniciar as grande subidas e descidas era melhor trocar os pneus da tração pelos Cross e logo acima da ladeira tinha uma casa com gerador, um barzinho com sinuca e uma puxada na lateral, paramos e embaixo de uma chuva fina eu o Vomir e Marcão trocamos rapidamente os pneus. Mas, olhamos pra noite e por um consenso e muita prudência pernoitamos ali, com a autorização do dono da casa eu e o Marcão colocamos nossas redes em uma palhoça ao lado da casa e o Volmir e a Irene dormiram na barraca suspensa do Troller.
Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior

Noite linda e estrelada, tinha parado de chover tomamos um banho de água gelada em um chuveirão no vizinho a 200 metros do seu Osvaldo, nome do proprietário da casa onde pernoitamos e Dona Irene preparou um jantar com 4 Miojos de Yakisoba, 1 Turma da Monica de Galinha Caipira, 1 Turma da Monica de Bolonhesa, 1 lata de ... e queijo parmesão ao gosto. Ficou bom demais!!! Uma garrafa de vinho tinto presenteada pelo nosso amigo Argentino Eladio, conversa fora com o Osvaldo e seus filhos e fomos dormir.

Uma noite fantástica na palhoça, vento frio, sons da mata e da noite, as vezes interrompidos pelos roncos do Marcão e do Volmir, mas nada que atrapalhasse meu sono, estava apenas sem vontade de dormir, admirando aquele momento. Às quatro horas da manhã começou a chover forte, acordei e não consegui mais dormir, embora estivesse frio e bem aconchegante na rede pra dormir, mas minha cabeça estava preocupada com as grandes subidas e descidas no barro molhado, pois já conhecia essa estrada e sabia que na chuva ali é quase impossível de se andar. "
Décimo oitavo dia por Sérgio Holanda:
"Seis horas da manhã, mesmo de baixo de muita chuva partimos em direção a Uruará, nosso objetivo era Altamira e seguimos viagem. A Hilux agora estava se comportando muito melhor, com pneus cross na traseira tinha mais tração, e agora era segurar a frente do carro, que queria sempre sair de lado, e tome braço!!! Nas subidas era motor cheio e muito controle, nas descidas reduzida em 4x2 e controle de direção.
Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior

Por duas vezes perdi o controle do carro, na primeira terminei atravessado, onde em baixo estava um caminhão que no dia anterior tivera quase o mesmo destino, só que no caso dele pior, pois estava carregando toras e nisso elas passaram por cima da cabine, simplesmente não é estrada para veículos 4x2, só 4x4 e bem equipado!!!

Em uma outra ocasião o Volmir de brincadeira ficou em baixo esperando que eu perdesse o controle para que me filmar, tive de gritar no rádio para que ele saísse, pois o carro estava desgovernado na descida e se ele ficasse seria abalroado por mim, mas no final consegui retornar o controle e escapei de cair em uma cratera enorme.

Em uma grande subida tinha um caminhão, que não conseguira subir e voltou de ré e ficou preso, esperando secar para poder subir, olha que era um caminhão traçado e com bloqueios nos diferenciais, como todos que andam nessa estrada. Nessa subida até pro Troller foi complicado, imagina puxar a Hilux, então o Troller lá em cima como apoio, não tinha arvores próximas em cima, colocamos o guincho e mais 5 cintas e subi com o guincho e utilizando a 4x2 com reduzida para auxiliar.

No final da ladeira o Troller puxou a Hilux, que ainda precisou em mais uma ladeira, onde consegui chegar até os últimos metros, mas por pouco não subiu, nesse dia não precisei ser puxado em atoleiros, pois estava com os cross, mesmo 4x2, mas foi preciso nas subidas, além dos sustos nas decidas e ainda controlando o carro, pois a argila é que nem sabão, andando fica difícil de ficar de pé, então de 4x2 era um inferno!!! Na primeira subida pesada, que utilizei o guincho, uma pessoa pediu carona, estava a 3 dias no mato com a moto quebrada e estávamos a 70 km de Uruará, como ninguém estava passando pela estrada, somente motos com correntes, pois chovia todo dia, colocamos a moto e o carona na caçamba da Hilux e fomos embora.
Clique nas imagens para visualizar em tamanho maior

Chegamos em Uruará às 12:00hs, ou seja, 6 horas para percorrer 80 km, foi até bom pelo fato da Hilux está 4x2. De Uruará até Altamira foram cerca de 200 km de baixo de muita chuva, mas a estrada estava muito boa, ainda!!! E nos 50 km restantes até Altamira já estão asfaltados, parte do projeto de asfalto da Transamazônica.
A Trans-Uruará foi realmente uma grande aventura, para o casal Volmir e Irene, que conheceram ainda pedaços da floresta amazônica intocados, para mim e Marcão que tivemos de levar a Hilux em condições inapropriadas e sujeitos a acidentes sérios e sobre muita tensão e estresse de minha parte, a Volmir que mostrou mais uma vez que é um grande piloto em seu Troller, retirando a Hilux das enrascadas com segurança e maestria e aqueles que resgatamos no meio do caminho. "
Décimo nono dia por Sérgio Holanda:
Acordamos cedo em Altamira, saindo antes das sete da manhã e seguimos os 500 quilômetros que nos separavam de Marabá, ponto de despedida do casal Volmir e Irene e retorno ao asfalto para nossas casas.
No trajeto pouca chuva, mas se tivesse chovido muito seria impossível de se fazer em um dia, uma vez que existem pontos de atolamento e as subidas mais íngremes e escorregadias seriam problemáticas para a Hilux em 4x2, mas como estava com os Cross na traseira não tivemos problemas, alguns caminhões atolados, mas com possibilidade de se passar ao lado e pronto, às 20:00 hs estávamos em Marabá e já nos preparando para dormir. Jantamos um tucunaré em um restaurante, convite do Volmir e da Irene, nos despedimos com um brinde e na manhã seguinte cada um seguiu o rumo de sua casa. Estava assim finalizada a Expedição Transamazônica 2009.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 4:46 am

Amigos,

seguem os links no youtube dos dois primeiros vídeos:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Espero que gostem.

Abraços do Brasil,

Sérjão
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
Karla mendes
OffRoad 2 estrelas
OffRoad 2 estrelas
avatar

Número de Mensagens : 387
Idade : 50
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 23/05/2008

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Dom Mar 22, 2009 1:30 pm

Olá Papabeer e Serjão,







Faço este trabalho como hobby, já que
gosto de off Road, e para mim, é pura
satisfação postar no Angola OffRoad, assim
como divulgar notícias do Brasil, e neste caso, um trabalho de um
amigo brasileiro.Como já havia mencionado em posts anteriores, é uma forma de
divulgar as coisas boas do meu país e ao mesmo tempo ter uma relação de bom
convívio e camaradagem com os amigos especialmente os de Angola e os de Portugal,
entre os outr
os países.Como somos cidadãos do mundo e de países
lusófonos, é de suma importância mantermos esse intercâmbio cultural e
esportivo.
Agora, já estão me escalando para o próximo Transamazônica??? AHAHAHAHAHAH






Um
abraço,



flower Karla
Mendes
Voltar ao Topo Ir em baixo
SÉRGIO HOLANDA
OffRoad
OffRoad
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 43
Localisation : Brasil
Data de inscrição : 30/01/2009

MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   Sab Mar 28, 2009 1:07 pm

Pessoal mais dois vídeos:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Abraços,

Sérjão
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.youtube.com/holandape
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
TRANSAMAZÔNICA-2009-SÉRGIO HOLANDA
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Angola OffRoad :: OFFROAD - CAMPISMO - VIAGENS - NATUREZA E PAISAGENS :: Expedições, Raids e Passeios :: Expedições, Raid's, Passeios realizadas fora de Angola-
Ir para: